Sábado, 19 de Outubro de 2019
Follow Us
Rate this item
(0 votes)

«Alimento todos os dias uma esperança quase ridícula, quase utópica, de uma Angola mais justa»

O escritor Ondjaki, distinguido hoje com o Prémio Samarago, pelo romance «Os transparentes», afirmou ter esperança numa Angola mais justa em que as pessoas possam expor e debater «as suas convicções ainda com mais liberdade».

Página 423 de 423

Log in or Sign up