Menu
RSS

Cinco novos membros reforçam bureau político do MPLA, partido no poder em Angola

Cinco novos membros reforçam bureau político do MPLA, partido no poder em Angola

O Comité Central do MPLA, partido no poder em Angola, aprovou hoje a reestruturação do aparelho auxiliar central do partido, subdividido em cinco gabinetes e onze departamentos, além da eleição de cinco novos membros do bureau político.

A informação consta do comunicado final da II sessão extraordinária do Comité Central, realizada hoje em Luanda, presidida por José Eduardo dos Santos, líder do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA).

Na sua intervenção, José Eduardo dos Santos referiu que a complexidade crescente do trabalho do partido deve ser acompanhada pela qualidade e capacidade dos seus quadros, que "se devem mostrar à altura dos acontecimentos".

O Comité Central aprovou para membros do bureau político Diógenes de Oliveira, Norberto Garcia, Pedro de Morais Neto, Maria Isabel Mutunda e Yolanda Brígida de Sousa.

O Comité Central aprovou igualmente a eleição de Ana Paula Inês Fernando, para coordenadora da Comissão de Disciplina e Auditoria do Comité Central.

A composição do aparelho auxiliar central do partido, aprovada hoje pelo Comité Central, passa a estar composta pelos gabinetes do presidente, vice-presidente e secretário-geral e os departamentos de Organização e Mobilização, Organizações Sociais e Sociedade Civil, Informação e Propaganda, Administração e Finanças, Assuntos Políticos e Eleitorais, Política Económica, Politica Social, Política de Quadros, Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Reforma do Estado, Administração Pública e Autarquias e Relações Internacionais.

Após reunião do Comité Central, o bureau político reuniu para proceder a alguns ajustes ao secretariado deste organismo do partido, passando as pastas de secretário para a Organização e Inserção na Sociedade a ser dirigida por Jorge Dombolo, e de Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, por Pedro de Morais Neto.

Ainda de acordo com o ajuste, em função da eleição de novos membros para o bureau político do MPLA, Diógenes de Oliveira ocupa agora a pasta de secretário para a Política Económica, Mário António é secretário para a Política Social, Carlos Feijó é secretário para a Reforma do Estado, Administração Pública e Autarquias, Norberto Garcia é o novo secretário para a Informação e Propaganda, e Bento Bento é secretário para a Política de Quadros.

No comunicado, o Comité Central encorajou o executivo, liderado pelo vice-presidente do MPLA e Presidente de Angola, João Lourenço, a aplicar com celeridade as medidas de políticas essenciais estabelecidas no Plano Intercalar, em particular, as que visam alcançar a estabilidade macroeconómica, o relançamento da economia e a mitigação dos problemas sociais mais prementes.

..
..
back to top

Recomendamos