Menu
RSS

Polícia Nacional nega que ministro das Finanças esteja sob investigação

O diretor do Serviço de Investigação Criminal (SIC) de Angola, Eugénio Alexandre, desmentiu hoje, em Luanda, que o ministro das Finanças, Archer Mangueira, esteja sob processo de investigação, por alegados crimes de corrupção.

"Isso não pode corresponder com a verdade, porque a investigação criminal não tem competência para ouvir ou investigar nenhuma entidade por nomeação presidencial. Não temos nenhum processo contra o senhor ministro das Finanças nessa entidade e pelo que eu saiba nem a Procuradoria também tem", disse.

Eugénio Alexandre respondia aos jornalistas, à margem da apresentação do novo comandante-geral da Polícia Nacional, sobre notícias do alegado envolvimentos do ministro das Finanças no caso que levou à detenção, na sexta-feira, do diretor nacional do Tesouro.

Eugénio Alexandre disse ainda que "está já em tribunal" o processo dos funcionários das Administração Geral Tributária (AGT), detidos em outubro no âmbito de uma outra investigação.

"Quanto à detenção do Diretor Nacional do Tesouro, o processo está em curso", adiantou.

Em ambos os casos, os funcionários são suspeitos de desvio de fundos públicos.

Em relação ao processo de investigação do mediático homicídio da apresentadora da Televisão Pública de Angola (TPA) e de um homem que seguia na mesma viatura, o diretor do SIC disse que os supostos implicados estão detidos.

"O processo está em curso e nos próximos dias a direção de investigação criminal irá apresentar os detidos que já temos em relação a este crime", explicou.

Questionado sobre a morosidade na resposta dos processos em investigação, Eugénio Alexandre invocou o segredo de justiça.

..
..
back to top

Recomendamos