Menu

Filho do ditador da Guiné-Equatorial vai recorrer de sentença da justiça francesa

Filho do ditador da Guiné-Equatorial vai recorrer de sentença da justiça francesa

O vice-Presidente e filho do Presidente da Guiné Equatorial, 'Teodorin' Obiang, vai recorrer da sentença da justiça francesa que o condenou a três anos de prisão com pena suspensa por corrupção, entre outros crimes, anunciou o seu partido.

"Segundo a sentença, o irmão militante Teodoro Nguema Obiang Mangue fica livre de cumprir qualquer condenação e de pagar qualquer multa. Como única medida, a sentença estabelece o confisco de uma série de bens que, pertencendo ao Governo da Guiné Equatorial, o nosso executivo continuará a reclamar, tomando as medidas oportunas perante o Tribunal Internacional de Haia", lê-se num comunicado do Partido Democrático da Guiné Equatorial (PDGE, no poder), publicado este fim-de-semana na página oficial do Governo equato-guineense na Internet.

Teodoro Obiang Nguema, conhecido como 'Teodorin', de 48 anos, foi condenado na sexta-feira a três anos de prisão com pena suspensa por ter construído de modo fraudulento em França um património considerável.

O governante equato-guineense, que não compareceu no tribunal correcional de Paris que o julgou, foi considerado culpado de branqueamento de abuso de bens sociais, desvio de fundos públicos, abuso de confiança e corrupção.

Versão diferente têm o PDGE e os advogados de 'Teodorin', que consideram que ele foi absolvido das acusações.

"A sentença final é uma clara vitória, uma demonstração da inocência do vice-Presidente da nossa nação e uma prova da falsidade e das pretensões políticas dos acusadores", refere o partido, que sublinha que 'Teodorin' "recupera a sua total liberdade de viajar para França e para continuar a desenvolver as suas atividades políticas e pessoais com total normalidade".

Além disso, é "uma autêntica derrota para as falsas ONG [Organizações Não-Governamentais] e opositores que montaram este falso julgamento com o único fim de desestabilizar as instituições da nossa nação", considera o partido.

Em causa estava, na opinião do partido, "um novo plano de golpe de Estado encoberto" levado a cabo pelas ONG Sherpa e Transparência Internacional França -- que deverão receber indemnizações de 10 mil euros e 41 mil euros, respetivamente, segundo a sentença judicial citada pelas autoridades equato-guineenses.

Por outro lado, o tribunal não deu provimento ao pedido de indemnização da Coligação para a Restauração da Democracia na Guiné Equatorial (CORED, na oposição), o que o PDGE interpreta como um comprovativo da sua "total falta de legitimidade e do resto dos opositores participantes nesta farsa para representar o povo" equato-guineense.

Os advogados de 'Teodorin' também emitiram um comunicado, publicado na mesma página, mas não avançam a intenção de recorrer da sentença.

A equipa jurídica, composta por advogados equato-guineenses e franceses, contesta o confisco de "um imóvel pertencente à República da Guiné Equatorial, e que goza da proteção do Tribunal Internacional de Justiça, o que constitui uma flagrante violação do direito internacional e um desprezo pela autoridade deste tribunal".

O Governo, liderado desde 1979 por Teodoro Obiang Nguema, também emitiu um comunicado, que apenas destaca que a justiça francesa "não deu provimento" à indemnização à CORED, à condenação a três anos de prisão e ao pagamento de 30 milhões de euros, condenando "no entanto" ao pagamento às ONG e ao confisco do edifício "que alberga atualmente os escritórios da embaixada da Guiné Equatorial em Paris".

A Guiné Equatorial, descoberta por portugueses e antiga colónia espanhola, aderiu em 2014 à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

O Governo da Guiné Equatorial é acusado por várias organizações da sociedade civil de constantes violações dos direitos humanos e perseguição a políticos da oposição.

Mídia

voltar ao topo
Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

A apresentadora da Televisão Pública de Angola Beatriz Fernandes foi hoje encont...

Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

O pleito eleitoral de 23 de Agosto 2017 acabou na lógica de “tudo muda sem nada ...

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola proclamou, hoje, oficialmente, o M...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve