Menu
RSS

João Lourenço, deveria alterar imediatamente, a lei que regula a compra de carros usados no estrangeiro?

João Lourenço, deveria alterar imediatamente, a lei que regula a compra de carros usados no estrangeiro?

Em qualquer Pais do primeiro mundo, incluindo aqui nos Estados Unidos da América,(EUA),possuir uma viatura, representa uma verdadeira ferramenta de trabalho, bastando para isso, que as autoridades respectivas, constituam verdadeiros mecanismos técnicos, tendentes a inspecionar os meios de transporte, usados pelos cidadãos, não  importando portanto, o seu ano de fabrico, sempre e quando tal viatura, se apresente em boas condições técnicas, de acordo com a sua manutenção, com vista ao seu uso continuo.

Por Orlando Fonseca - Miami/Sul da Florida-USA

Aqui nos EUA, particularmente de acordo com a minha própria experiência de décadas vividas por mim pelas Américas, incluindo a países importantes da América Latina, como México, Chile, Colômbia, Peru, Venezuela, Argentina, Uruguai, Paraguai ou até mesmo o Brasil, entre outros, não  existem restrições de movimentos, de compra, ou uso de viaturas, sempre e quando tais, se apresentam em boas condições técnicas de uso, de acordo com as inspecções    periódicas, feitas pelas respectivas autoridades para o efeito do seu uso continuo etc. etc.

Porem, em Angola, (como pais especial, que está sempre a subir), o antigo regime do ditador Jose Eduardo dos Santos,(JES)como sempre apostou em empobrecer a maioria Angolanos, com vista a enriquecer apenas os seus filhos/séquito, eliminou exactamente a compra de viaturas usadas no estrangeiro, por parte dos Angolanos, tendo com esta medida Santos, em parte frenado a implementação da famosa diversificação económica de Angola, já que são  as pequenas empresas, ou pequenas iniciativas privadas, que constituem o grande vector para criação de empregos, em qualquer sociedade, por menos ou mais avançada/atrasada que seja.

Na verdade, com a actual crise económica/financeira que Angola vive presentemente, que colocou a nossa terra praticamente de tanga/pedinte, a eventual alteração desta leiraria na minha opinião, impulsionar ou fazer gerar uma grande fonte de receitas financeiras por parte do estado Angolano.

Para o efeito, a actual administração Lourenço, deveria imediatamente alterar esta leio-o vista permitir a entrada em Angola, das viaturas ligeiras/pesadas etc., sempre e quando estas se apresentam em bom estado de manutenção exigindo para o efeito, uma pré-inspecção das viaturas, que entram no território Angolano, a partir do pais de origem, acompanhadas com respectivo certificado etc.

No caso das viaturas ligeiras, como elas geralmente tem a garantia de 10 anos, ou cem mil milhas, ao saírem das fabricas, o executivo Angolano, poderia se quiser, regular como 7 ou mesmo 10 anos de fabrico, para todas as viaturas que entrariam inspecionadas para o espaço territorial Angolano, como se calhar a medida para facilitar a vida a todos os cidadãos Angolanos/estrangeiros, que trabalham/vivem na nossa terra etc.

Para as viaturas pesadas, camiões, tractores, monta cargas, gruas, etc. etc., seria aplicada a mesma medida acima citada, com a diferença que está aqui nos EUA por exemplo, tal classe de meios, costumam ter um tempo de vida quase interminável, dependendo muito naturalmente da sua manutenção, desde do ano do seu fabrico etc.

Na verdade, tal como disse atrás, se Angola, ou se o presidente Lourenço, tem vontade política, para fazer implementar a chamada diversificação económica de Angola, tal como o disse recentemente na cidade do Huambo, o Sr presidente JLo, deve essencialmente contar com a criatividade de todos os Angolanos, sendo que para todos os efeitos, possuir uma viatura, nova/usada, por parte de quase todos os Angolanos, não  está mais do que uma verdadeira ferramenta de trabalho, que impulsiona/alenta, qualquer economia de qualquer pais que se prese.

Na verdade, se o actual presidente Angolano, se debate com os graves problemas da Sonangol, a maior fonte geradora de receitas do estado Angolano, mas que paradoxal/incompreensivelmente a Sonangol, foi entregue para as mãos de estrangeiros pela Ladra/atrevida, Isabel dos Santos.

Em abono da verdade, a alteração da lei que regula a compra do meio mais importante (viatura) para os Angolanos, tocarem a sua vida e do pais para frente, com vista ao pequeno camponês, ao taxista, ao estudante, etc. ajudarem na diversificação da nossa economia, tal lei a ser alterada imediatamente, eu pessoalmente apostaria aqui, com o Sr presidente JLo, que a subida da sua popularidade, não apenas se iria consolidar.

Porém, a popularidade do (valente JLo), ela, iria claramente subir, para o alto das alturas e, certamente os Angolanos de todas as franjas, (levantariam presidente Lourenço no ar) como uma espécie de Jose Mourinho, ou Pepe, Guardiola, autênticos ganhadores de adeptos no futebol Europeu.

De resto, aqui fica o meu repto ao Sr presidente Lourenço:

Sr presidente, siga o meu conselho, para ver se não tenho razão.

Que Deus nos abençoe em Angola, a todos os filhos/filhas da terra Angolana, incluindo o presidente Lourenço/sua família/equipa de trabalho.

Mídia

voltar ao topo
Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

A apresentadora da Televisão Pública de Angola Beatriz Fernandes foi hoje encont...

Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

O pleito eleitoral de 23 de Agosto 2017 acabou na lógica de “tudo muda sem nada ...

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola proclamou, hoje, oficialmente, o M...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve