Menu
RSS

Semba Comunicação não larga a TPA

Semba Comunicação não larga a TPA

Empresa de Tchizé e Córeon Dú não dá sinais de cessar voluntariamente contrato de gestão do Canal 2. Preparando-se para um corpo-a-corpo final tomou de assalto o centro de produção de Camama.

Avolumam-se os sinais de resistência à mudança por parte do clã do antigo Presidente da República. Outro sinal a registar é o que está a acontecer em torno da Semba Comunicação, empresa de gestão e produção multimédia de que são proprietários Welwitchia dos Santos “Tchizé” e José Paulino dos Santos “Córeon Dú”.

Nos últimos dias correram rumores de que a Semba Comunicação estaria a preparar-se para, voluntariamente, cessar o contrato de gestão que a liga, vai já para uns dez anos, à Televisão Pública de Angola (TPA) e por via do qual tem gerido e produzido conteúdos para o Canal 2.

A acontecer, tal renúncia traduziria apenas a antecipação de um desejo latente quer de grande parte dos funcionários da estação televisiva, como de vastos sectores da sociedade que jamais viram com bons olhos o “açambarcamento” da TPA pelos filhos de José Eduardo dos Santos.

Mas as notícias que aludem a uma suposta renúncia não passaram mesmo de rumores, pois, pelo menos por enquanto, não há nota de que a empresa de Tchizé e Córeon Dú se tenha predisposto a encetar diligências para deixar a TPA pelo próprio pé.

Pelo contrário, tudo indica que a Semba Comunicação estaria a preparar-se para levar o dossiê para uma espécie de disputa corpo-a-corpo, a avaliar por aquelas que foram as suas últimas movimentações.

Sabe-se, por exemplo, que a empresa de comunicação tinha nos estúdios da Rádio Nacional de Angola (RNA) um dos seus locais preferenciais para a produção de conteúdos. Ora, o que se viu nos últimos dias foi o pessoal da Semba Comunicação a transladar todo o equipamento técnico que tinha na estação radiofónica para o centro de produção da TPA em Camama, onde consta que terá mesmo ocupado, sem autorização, o mais importante dos seus estúdios.

O futuro da relação entre a Semba Comunicação e a TPA foi entretanto adensado com a extinção, por despacho do novo Presidente da República, do Gabinete de Revitalização da Comunicação Institucional e Marketing da Administração (GRECIMA), que vinha sendo, na realidade, o grande suporte, quer político como financeiro, da empresa de Tchizé e Córeon Dú. (Correio Angolense)

Mídia

voltar ao topo
Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

A apresentadora da Televisão Pública de Angola Beatriz Fernandes foi hoje encont...

Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

O pleito eleitoral de 23 de Agosto 2017 acabou na lógica de “tudo muda sem nada ...

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola proclamou, hoje, oficialmente, o M...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve