Menu

Há, ou não há batotas nas vitórias do MPLA. 1º capítulo

Há, ou não há batotas nas vitórias do MPLA. 1º capítulo

Há, ou não há batota nas vitórias do MPLA sobre os seus adversários mais directos. Primeiramente vou focar esta abordagem nas vitórias do MPLA no campo militar. Depois numa outra abordagem o foco será nas vitórias do MPLA através das eleições. Nos anos 60 tanto o MPLA e FNLA estavam no Congo-Léopoldville, pois Congo-Léopoldville em função da sua vasta fronteira com Angola, permitia aos movimentos desempenhar as suas actividades, mas nessa altura o MPLA já se assumia como um movimento de esquerda a questão que se colocava se assumia a ideologia do marxismo na vertente soviética ou Chinesa. A FNLA embora também sendo um movimento de esquerda, mas em contrapartida recebia fundos de ocidentais que não eram esquerdista numa visão Soviética ou Chinesa. O Congo-Leopoldville seu primeiro governo foi liderado pelo Patrice Émery Lumumba (Primeiro-ministro da Republica do Congo-Léopoldville de 24 Junho de 1960 a 14 de Setembro de 1960, ocupou este cargo apenas por 12 semanas), este governo era um governo pró Soviético...

Por Manuel Tandu

Nesta altura o Congo-Léopoldville sob governo de Patrice Lumumba... havia um ambiente que permitia o MPLA puder respirar melhor… mas o ambiente passou a ser tóxico para o MPLA com a destituição e assassinato de Patrice Émery Lumumba… Pois o Cyrille Adoula (Primeiro-ministro da Republica do Congo-Léopoldville de 2 Agosto de 1961 a 30 de Junho de 1964) que sucedeu o Patrice Lumumba era um pró capitalista, nesta tomada de rumo ao bloco capitalista do Congo-Léopoldville, o MPLA passou a ser vista como uma ameaça de infiltração comunista... A expulsão do MPLA no Congo-Léopoldville acontece em 1963, e essa expulsão é originado por esta questão, mas a FNLA teve também a sua mão para que o MPLA fosse expulso do Congo-Léopoldville. A FNLA finalmente tinha toda fronteira somente pra si... e o enlace do governo do Congo-Léopoldville com a FNLA se tornou muito mais sólido no governo de Mobuto Sese Seko Nkuku Ngbendu Wa Za Banga (Joseph-Désiré Mobuto, foi presidente de 1965 a 1997 da Republica do Congo-Léopoldville, país que depois passou a chamar-se de Zaíre). Entre o nacionalista Álvaro Holden Roberto e o então presidente da ex-Zaíre havia um bom entendimento... pois o Mobuto Sese Seko Nkuku Ngbendu Wa Za Banga (este nome em português significa o todo poderoso guerreiro que, por sua força e inabalável vontade de vencer, vai de conquista em conquista, deixando fogo em seu rasto) era o elo de ligação entre o ocidente e a FNLA, a FNLA tinha uma vasta fronteira ao seu dispor, podia entrar e sair de Angola com bem entendia. A FNLA chegou a ter uma base no território Zairense, a base de Kinkuzu... para a FNLA a travessia do MPLA para outra margem era o princípio do fim do MPLA.

Partindo da máxima que "as dificuldades chegam a fortalecer e as facilidades chegam a colocar o facilitado na sobra de bananeira". A FNLA quando se despertou da sobra da bananeira... o MPLA em 1975, proclamava a independência de Angola em Luanda e está independência proclamada é reconhecida pelo Brasil... Uns dizem que o MPLA não cumpriu com os acordos de Alvor, mas como a UNITA explica a sua aliança com o apartheid e com alguns países ocidentais e como a FNLA explica o apoio militar do governo Zairense e de alguns países ocidentais... aliás depois da assinatura dos acordos de alvor não houve uma unificação das forças armadas tanto do MPLA, da UNITA e da FNLA numa só força, pois a UNITA continuo tendo FALA, a FNLA continuo tendo a ELNA e o MPLA continuo tendo a FAPLA.

No acto da assinatura dos acordos de alvor os três movimentos signatários estavam conscientes que este acordo "não teria pernas para andar", ate o próprios "Tugas" estava consciente que este acordo "não teria pernas para andar". Bem, foi mais ou menos assim, "assinam os acordos aqui na Tuga, mas lá na vossa banda (Angola) quem for mais veloz, governe…" e cada movimento em função das suas alianças se fortificou... cada movimento tinha os seus aliados, a questão que se deve colocar é a seguinte, porque os aliados da FNLA e da UNITA não deram o mesmo apoio que o aliado do MPLA deu ao MPLA? Pois o apoio que os aliados do MPLA deram ao MPLA desequilibrou o jogo! Será que os aliados da UNITA e da FNLA tinham chegado a conclusão que o melhor para Angola seria ter o MPLA no poder? Em plena guerra civil a UNITA teve sob seu controle 70% do território Nacional tendo os mesmos aliados que sempre lhe apoiaram, mas depois a UNITA acabou por perder... Será que os aliados da UNITA tinham chegado a conclusão que o melhor para Angola seria ter o MPLA no poder? Há uns que dizem que na política o que vale são os interesses e não as amizades, mas indefinição da UNITA contribuiu para desfecho que teve... Pois a UNITA recebia apoios dos ocidentais, mas não era apologista da democracia, pois todos do círculo mais estrito da UNITA sabiam que a UNITA era um movimento de esquerda com a ideologia de maoismo, e não um movimento pró democracia... essa indefinição fez com que os aliados, não olhassem a UNITA com outros olhos. Pois estes mesmos aliados tiveram já cometido este erro num país fronteiriço com Angola.

Neste país fronteiriço com Angola, estes aliados deram a alguém o poder numa bandeja, destituíndo um pró comunista... mas depois esse alguém passou a falar o mandarim e ao passar a falar o mandarim, então até aqueles que usavam o território sob seu domínio... tinham que falar o mandarim, por isso um movimento de libertação... chegou a cair na mesma desgraça com está pessoa, pois também tivera assumido abertamente que também falava o mandarim... e estes aliados não queriam cometer o mesmo erro em Angola...

Enfim o fundador da UNITA foi incoerente... na política se exige a coerência do político. Não se pode estar com todos ao mesmo tempo, ou se está no lado x ou y, mas não se pode estar ao lado de x e ao mesmo tempo estar ao lado de y... o nacionalista Álvaro Holden Roberto também foi incoerente pois não soube se definir, pois em plena guerra fria, era um suicídio político procurar estar com todos ou mudar de lado… o MPLA foi mais coerente... essa coerência do MPLA fez dela num vencedor. A vitória do MPLA no campo militar, só foi possível porque o MPLA foi coerente, porque soube se autodefinir. E a UNITA e a FNLA… a incoerência, a indefinição… fez com que tivessem o resultado que tiveram.

Modificado emsábado, 07 outubro 2017 11:16

Mídia

voltar ao topo
Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

O pleito eleitoral de 23 de Agosto 2017 acabou na lógica de “tudo muda sem nada ...

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola proclamou, hoje, oficialmente, o M...

Reclusas no Kwanza Sul denunciam que são obrigadas a fazer sexo em troca da amnistia

Reclusas no Kwanza Sul denunciam que são obrigadas a fazer sexo em troca da amni…

Após a divulgação de imagens que mostram a falta de água e de alimentação em vár...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve