Menu
RSS

Queda de avião militar deixa dezenas de mortos na República Democrática do Congo

Dezenas de pessoas morreram hoje na queda de um avião de transporte militar perto de Kinshasa, capital da República Democrática do Congo, noticiou a agência francesa France Presse citando várias fontes.

O Antonov 12 de fabrico russo do exército congolês tinha acabado de descolar de Kinshasa rumo a Kivu (leste do país) e transportava "várias dezenas de passageiros", disse à AFP uma fonte aeroportuária que solicitou o anonimato.

O aparelho caiu na comuna de N'sélé, que faz parte da região periférica de Kinshasa, a uma centena de quilómetros do centro da capital.

Uma fonte municipal disse, por outro lado, que "não houve sobreviventes".

O Antonov 12 estava a ser pilotado por uma tripulação russa e transportava "dois veículos e munições", bem como pessoal militar, indicou à agência francesa uma fonte do Estado-Maior congolês, que também solicitou anonimato.

Segundo esta fonte, seguiriam "entre 20 e 30 pessoas" a bordo do avião, que descolou do aeroporto de Ndolo, no centro de Kinshasa.

Uma testemunha descreveu que o avião simplesmente caiu, sem emitir qualquer tipo de fumo.

Mapa mostra local de decolagem e de queda da aeronave militar na República Democrática do Congo

Em 2014, um avião da missão da ONU para a estabilização da República Democrática do Congo (Monusco) caiu na província de Kivu do Norte, no leste do país africano, sem provocar vítimas.

Os acidentes aéreos são relativamente frequentes no Congo devido a padrões de segurança negligentes. Todos os operadores comerciais congoleses estão proibidos de operar na União Europeia.

France Presse, Reuters e Efe

..
..
back to top

Recomendamos