Menu
RSS

João Manuel Gonçalves Lourenço: Perfil de um líder de reformas, mudanças sérias e rigorosas «2017 – 2022»

João Manuel Gonçalves Lourenço: Perfil de um líder de reformas, mudanças sérias e rigorosas «2017 – 2022»

Sua Excelência Senhor Presidente General João Lourenço, é uma figura conhecida e prestigiada no seio do MPLA, é um grande homem, com capacidade imensurável desde o ponto de vista de rigor e de cumprimento dos programas traçados, um homem forjado na seriedade e na aposta para o progresso, um político inédito, um antídoto para corrupção, um grande humanista e homem de caridade, um homem com autêntico amor ao seu povo, em virtude de tal gesto, quer dedicar – se de maneira absoluta à busca da felicidade plena para o povo.

Com a alma cindida entre a defesa dos interesses do povo e a defesa dos interesses do mundo político, extraio de si mesmo a vontade de transformar Angola numa verdadeira potência em África – Austral, começando por dar ao povo, aquilo que este clama em absoluta necessidade, à guisa de sua ascensão à cadeira Presidencial, permitirá para Angola, o encontro de uma saída para crise que assola de forma vertiginosa a marcha quotidiana. Adepto do humanismo e da defesa dos interesses nacionais e populares, homem de uma simplicidade rara e seriedade, ordeiro, disciplinado e um verdadeiro patriota. Tido como uma das mais importantes figuras políticas da actualidade. É tido como a melhor aposta para a corrupção e o enobrecer da alma angolana no panorama internacional actual. Nos brindará com algumas das mais importantes análises e recomendações sobre a natureza angolana, no contexto político, económico, diplomático, da educação, da saúde, administrativo, da melhoria da qualidade de vida do cidadão, da progressão das Forças Armadas na esfera tecnológica à par da evolução moderna do ramo de guerras e de estratégias militares, tornando Angola, numa das potências em África, incidindo também, o seu papel progressivo sobre o ramo da exploração de minerais não explorando ainda, como o ferro, o ouro, o urânio, o cobre, exploração de riquezas como a madeira, além de mais, o transformar de Angola numa verdadeira obra de progresso, o nascimento de fábricas de vária ordem que abrirão para o País, novas Páginas para o progresso etc…etc…Fazendo face aos ventos tortuosos que a todo custo querem despistar o marítimo do progresso que até bem pouco tempo, iluminou o país em todos os seus cantos.

Seu antecedente histórico e ideológico é de um homem entregue e dedicado a causa angolana, voltado para a era contemporânea, a relação ou sua influência directa sobre a marcha dos acontecimentos em Angola trará para o exercício do poder político em Angola uma nova dinâmica. Nota – se, nele, uma autêntica arte da prudência e do rigor nos termos decisórios e de eficácia. Pode-se, de toda sorte, correlacionar o seu importante papel com o nexo de mudança do panorama político – económico do país para «nova página aberta para uma nova república, num outro contexto contemporâneo».

Sua Excelência Senhor Presidente General João Lourenço, não se importa porque caminhos Angola, tem de trilhar para o alcance do desejado pelo povo angolano, somente se importa com a mudança da vida do povo para o melhor, sejam quais forem as circunstâncias a advirem, Sua Excelência Senhor Presidente da República General João Lourenço, está pronto para tornar Angola num País próspero e risonho, onde cada angolano sinta no rosto a alegria de ser chamado angolano. Quiçá, fazer de Angola uma nova Inglaterra em África?

1 SINOPSE NATALÍCIA SOBRE O NOVO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Seu perfil, é definido como a de um Homem entregue à causa mais nobre de todos nós angolanos desde a sua mocidade, um homem que ama Angola e os angolanos no seu verdadeiro sentido da coisa, um homem disposto a lutar a todo custo para tornar este País definitivamente próspero e desenvolvido, seguindo os marcos da evolução rítmica do País, uma vez que Angola foi, até então, o País que mais cresceu na última década, porém, a crise económica, roubou os caminhos por onde Angola passava.

Sua Excelência Senhor Presidente General João Lourenço, é nato de Lobito, cuja sua data natalícia é 5 de Março de 1954. É filho de Sequeira João Lourenço, enfermeiro, natural de Malanje e de Josefa Gonçalves Cipriano Lourenço, costureira, natural do Namibe, que a Deus os tenha e a terra os seja leve.

2 FORMAÇÃO ACADÉMICA

Sua Excelência Senhor Presidente General João Lourenço, foi pela província do Bié por onde recebeu as primeiras estrofes da formação académica, sendo neste lugar, onde havia frequentado, quero o ensino primário, bem como o ensino secundário, em virtude de seu pai, ter sido instituído uma prisão vigiada em torno de 10 anos de duração pelo regime colonial português, seu pai, esteve preso também, na prisão de São Paulo em Luanda, em virtude do mesmo ter feito parte do exercício de actividades políticas clandestinas, enquanto enfermeiro do Porto do Lobito. Foi pela cidade capital de Angola, por onde passou por continuado a sua marcha académica, no então, Instituto Industrial de Luanda (MACARENCO).

2.1 FORMAÇÃO ACADÉMICO - MILITAR

Tem formação em artilharia pesada. Seu desempenho brilhante na esfera militar, levou – lhe a ser enviado, com requisitos para o apetrechamento das balizas cognitivas da orla política - militar para então União Soviética de 1978 a 1982 na Academia Superior Lenine de onde para além da formação militar foi submetido a formações de natureza variada tendo desde lá ser – lhe dado o título de Mestre em Ciências Históricas.

2.1.1 CARREIRA POLÍTICO - MILITAR

A luta contra o imperialismo colonial, era na verdade, forte e numerosa, neste prisma, a resistência angolana contra o regime imperialista colonial pôs a prova seu poder de superioridade contra as hostes inimigas portuguesas, fazendo Salazar e a sua cúpula render – se em independência da província ultramarina de Angola, neste ângulo, em Ponta Negra em Agosto de 1974 no CIR Kalunga, João Lourenço, juntou – se na companhia de outros jovens na luta de libertação nacional. Fazendo integra, o primeiro grupo de soldados que penetraram em regime de infantaria terrestre o território nacional, tendo como ponto de partida, Miconge Belize-Buco Zau-Dinge-Cabinda, foi desde então, que o poder nacionalista de João Lourenço começara por se exaltar no clamor de uma pátria livre da opressão. Quando o colonialismo estava preste à perder o seu rosto, e, concomitantemente a independência, acabara por mostrar os seus primeiros sinais no crepúsculo da liberdade, João Lourenço, sentia assim, sua mais forte avidez de ver Angola livre das algemas da opressão colonial.

Em vésperas da Independência, participaram dos combates na fronteira do N’Tó/Yema contra a coligação FNLA/Exército Zairense, que derrotaram, e a partir do morro do Tchizo em Cabinda contra a unidade da FNLA que se encontrava nas margens do rio Lucola à entrada da cidade.

2.1.2 FUNÇÕES EXERCIDAS NA ESFERA POLÍTICO - MILITAR

 Exerceu funções de Comissário Político em diversos escalões, desde pelotão, companhia, batalhão, brigada e comissário da 2ª Região Político Militar Cabinda, entre 1977/78.

2.1.3 TRAJECTÓRIA POLÍTICO - MILITAR

1982 a 1983: participou nas operações militares no centro do país, Kwanza Sul, Huambo, e Bié com posto de comando no Huambo.

- 1983 a 1986: desempenhou as funções de Comissário Provincial do Moxico e Presidente do Conselho Militar Regional da 3ª Região Político Militar.

- 1986 a 1989: desempenhou as funções 1º Secretário do Partido e de Comissário Provincial de Benguela.

- 1989 a 1990: desempenhou as funções de Chefe da Direção Política Nacional das FAPLA, em substituição do General Francisco Magalhães Paiva N’Vunda nomeado Ministro do Interior.

-  2003: ascendeu a patente de tenente - general na reserva.

2 TRAJECTÓRIA POLÍTICA

- 1991 a 1998: desempenhou as funções de Secretário do Bureau Político para a Informação, de Secretário do Bureau Político para a Esfera Económica por um curto período, de Chefe da Bancada Parlamentar.

- 1998 a 2003: desempenhou as funções de Secretário-geral do MPLA e de Presidente da Comissão Constitucional.

-  2003 a 2014: desempenhou as funções de 1º Vice-presidente da Assembleia Nacional, membro do Bureau Político do Comité Central do Partido.  Ascendeu em 2014 ao cargo de Ministro da Defesa de Angola

2.1 TRAJECTÓRIA POLÍTICO – ADMINISTRATIVA

No âmbito político – administrativo, exerceu variadíssimas vezes várias funções da esfera político – administrativa, dentre as quais:

1º Secretário do Comité Provincial do Partido e Governador Provincial do Moxico;

1º Secretário do Comité Provincial do Partido e Governador Provincial de Benguela,

Deputado à Assembleia do Povo;

Presidente do Grupo Parlamentar do MPLA;

Secretário-geral do MPLA;

Membro da Comissão Permanente;

Presidente da Bancada Parlamentar do seu partido.

3 LÍNGUAS FALADAS

É um político brilhante, dotado de forte capacidade de retórica, porém, é de poucas palavras e de muita acção, focando o seu grande impacto sobre a acção e os resultados, é um homem bastante analista, sereno e muito moderado, não toma nenhuma decisão se antes não consultar a análise consciente do seu interior, não se deixa levar por nenhuma emoção, vai com bastante calma e serenidade, reflexo e analisa de maneira bastante madura e profunda o que faz. É bastante cuidadoso e prudente, fala várias línguas, dentre as quais nacionais e internacionais, passamos a citar as seguintes:

a)    Português;

b)    Inglês;

c)    Russo;

d)    Espanhol.

4 ASPECTOS FAMILIARES

É casado, com a pessoa de Ana Afonso Dias Lourenço, tendo seis filhos.

5 LAZER E TEMPOS LIVRES

É um homem dotado de capacidade brilhantes e de fisionomia dinâmica, abarcando no seu lazer várias actividades dentre as quais, a meditação sobre assuntos de política, a prática de karaté chinês, tendo como preferência do lazer o xadrez.

6 UM AUTÊNTICO MARCADOR DE RISCO PREDITIVO PARA O FIM DA CORRUPÇÃO

É um homem de natureza adversária à corrupção, desta, não dá tréguas, é bastante honesto e de seriedade rara, quando havia sido nomeado para o cargo de Ministro da Defesa, passara ao longo da consciência de muitos que deveria instituir empresas à seu favor no círculo das FAA, pela ironia do destino, negou qualquer pedido desta natureza, reservando – se apenas para o trabalho árduo e honesto.

7 CARGO POLÍTICO DE PROA

Conforme os estatutos do partido MPLA, João Lourenço, foi nomeado pelo Comité Central do MPLA, para o cargo de vice-­presidente do partido, tendo sido concomitantemente indicado para cabeça de lista do partido do MPLA nas eleições decorridas à 23 de Agosto de 2017, concomitantemente, assumiu o cargo de vice – presidente do MPLA, numa esfera dirigida como potencial candidato para Presidente do partido no âmbito futuro. (1)

“Em Dezembro de 2016 passou a ser considerado o provável sucessor de Sua Excelência Senhor Presidente José Eduardo dos Santos na liderança do partido Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) e na Presidência de Angola.” (2)

8 A VITÓRIA DO MPLA E O TRIUNFO DO GENERAL JOÃO LOURENÇO

Seu engajo acérrimo permitiu a vitória do MPLA, aos 23 de Agosto, todavia, contra factos não há argumentos, os factos falam por si, permitam – me, a sua acção em prol da vitória do MPLA, foi incomensurável, facto esta, evidente nas pré – campanhas e nas campanhas que tomaram lugar no espaço geográfico que caracteriza Angola, querendo significar que, a bandeira da vitória do MPLA que pairou no firmamento de Angola, deveu – se a sua força de acção no que tange a conquista exaustiva da vontade angolana no que respeita ao seu voto que permitiu uma retumbante vitória ao MPLA aos 23 de Agosto de 2017 cujo resultado falou a favor de uma maioria qualificada. (3)

O MPLA ganhou aos 23 de Agosto, porque o esforço do actual Presidente da República foi robusto, não se pude medir, nem a metro, nem a balança, o sacrifício por ele imutado, no âmbito da conquista do eleitorado, não teve expressão alguma capaz de mensura - lo, ousou – se por esta via, enaltecida para tal efeito, a imprescindível máquina do partido, que iluminou de forma rítmica e imparável os lugares por onde o Candidato da paz, do desenvolvimento, do futuro para o melhor, do amanhã, da imparável realização do País, passava. Essa máquina magnífica, agiu como mediador comum no alcance dos objectivos nobres que ditaram a vitória do MPLA. (3)

9 INVESTIDURA AO CARGO DE PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Aos 26 de Setembro de 2017, um grande homem foi investido no cargo de Presidente da República de Angola, trata – se do terceiro Chefe de Estado de Angola independente, depois de António Agostinho Neto e José Eduardo dos Santos, passando a engendrar para história de maneira natural e obrigatória.

Com mais de mil convidados nacionais e estrangeiros, entre os quais 30 chefes de Estado e de Governo, a cerimónia começou com a leitura da transcrição da declaração da Comissão Nacional Eleitoral que proclama João Manuel Gonçalves Lourenço como Presidente da República de Angola eleito e do seu percurso de vida. (4)

10 PERSPECTIVAS FUTURAS

Timbrar – se – á à altura de um colosso político a quem o país deverá o seu melhor entusiasmo e contributo a causa mais profunda de que o povo clama. É a escolha perfeita para um país disposto a fazer face aos maiores desafios que a história lhe reserva.  João Lourenço, foi sempre do lado do povo, fosse qual fosse as circunstâncias, e sua chegada à presidência vem provar o quanto ama Angola e está disposto a entregar – se à toda sorte de forma absoluta e profunda a causa angolana. (5)

Desde então, aos 26 de Setembro de 2017, General João Lourenço, foi empossado ao cargo de Presidente da República. Daqui à diante, ficam reservadas as estrofes de esperança cuja satisfação residirá nos resultados práticos de sua liderança do País.

11 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1.    José Eduardo dos Santos indica João Lourenço para candidato a Presidente [Internet]. Angola [02 Dezembro 2016], [Acessado em: 23 de Setembro de 2017]. Disponível em: https://www.jn.pt/mundo/interior/jose-eduardo-dos-santos-indica-joao-lourenco-para-candidato-a-presidente-5531642.html.

2.    Lusa (2 de dezembro de 2016). «João Lourenço será o candidato a presidente de Angola». Expresso.

3.    Hungulo J. Impacto do Dr João Lourenço na vitória do MPLA e sobre o progresso do país [online]. Luanda, [19 de Agosto de 2017], [Acessado em 24 de Setembro de 2017]. Disponível em: http://www.club-k.net/ clubknet/index.php?option=com_content&view=article&id=29071:impacto-do-dr-joao-lourenco-na-vitoria-do-mpla-e-sobre-o-progresso-do-pais-joao-hungulo&catid=17:opiniao&lang=pt&Itemid=1067.

4.    Rosa K, Ceita A. A investidura de João Lourenço.  JA, Luanda, 2017.

5.    Hungulo J. Reflexões sobre a chegada do Dr João Lourenço ao poder [Internet]. Angola [03 abril 2017], [Acessado em: 21 de Setembro de 2017]. Disponível em: http://www.club-k.net/clubknet/index.php?option=com_content&view=article&id=27490:reflexoes-sobre-a-chegada-do-dr-joao-lourenco-ao-poder-joao-hungulo&catid=17:opiniao&lang=pt&Itemid=1067.

João Henrique Hungulo: médico pesquisador de ciências médicas, professor universitário, político - amador, escritor, poeta.

 

Modificado emquarta, 27 setembro 2017 14:35

Mídia

voltar ao topo
SIC apresenta provas e os assassinos de apresentadora da TPA

SIC apresenta provas e os assassinos de apresentadora da TPA

Os homens envolvidos na morte da ex-apresentadora da Televisão Pública de Angola...

Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

A apresentadora da Televisão Pública de Angola Beatriz Fernandes foi hoje encont...

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola proclamou, hoje, oficialmente, o M...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve