Menu

Clã dos Santos deverá continuar nas teias do poder em Angola

Clã dos Santos deverá continuar nas teias do poder em Angola

Assinalam-se 38 anos de poder de José Eduardo dos Santos, desde 21 de setembro de 1979. Para o novo Presidente eleito, João Lourenço, deverá ser difícil travar o enraizado clientelismo.

O novo Presidente de Angola, João Lourenço, toma posse a 26 de setembro, pondo fim ao regime de José Eduardo dos Santos, no poder desde 21 de setembro de 1979.

Apesar de ter sido o chefe de Estado cessante a escolher o seu sucessor, a transição política está a deixar José Eduardo dos Santos nervoso, diz o ativista angolano Luaty Beirão.

"Imagino que existe algum tipo de receio – o que é que será se perdermos agora o controlo disto? - imagino que isso exista. Aliás, há sinais que mostram essa febre, esse nervosismo", observa o rapper Luaty Beirão.

Ainda assim, o clã do Presidente cessante não parece ter medo. "Não sei até que ponto estão assustados ou com medo. No fundo, sabem que ainda têm a coisa mais ou menos controlada. Sabem que têm o controlo da situação", acrescenta o ativista.

Luaty Beirão lembra que aqueles que beneficiaram da rede de José Eduardo dos Santos tiveram tempo suficiente para se prepararem para uma nova era, garantindo a segurança dos seus rendimentos. Afinal, já há muito que sabiam da saída do chefe de Estado.

Família e amigos no aparelho do Estado

Mesmo com José Eduardo dos Santos fora da presidência, os seus familiares mantêm uma forte presença no aparelho do Estado angolano.

A filha mais velha, Isabel dos Santos, lidera a petrolífera estatal, a Sonangol. Segundo a revista Forbes, em 2016, os seus bens incluíam uma participação de 25% na Unitel, a maior empresa de telecomunicações do país, e 42% do Banco BIC.

O seu irmão, José Filomeno dos Santos, lidera o Fundo Soberano de Angola. E há ainda as ex-mulheres, genros, sogros e primos de José Eduardo dos Santos, bem como generais, ministros e governadores, que também beneficiaram das ligações à família.

"José Eduardo dos Santos e os seus filhos privatizaram o Estado. Há uma divisão dos bens do Estado entre a família presidencial, os generais e os ministros, os seus familiares e associados estrangeiros. Praticamente não há fronteiras entre o público e o privado em Angola. Não há distinção entre os dirigentes e os empresários nacionais", acusa o jornalista e ativista Rafael Marques:

Os lucros deste "saque dos fundos públicos", diz Rafael Marques, estão escondidos no estrangeiro, sobretudo em Portugal – país que o jornalista classifica como "a principal lavandaria de Angola" para o branqueamento de capitais.

Limitações do novo chefe de Estado

Mas muitos angolanos esperam que a rede de poder de José Eduardo dos Santos caia com a saída do Presidente cessante. Afinal, o seu sucessor, João Lourenço, prometeu acabar com a corrupção e o nepotismo.

Mas falar não basta. "A corrupção não se combate com discursos, mas sim com a punibilidade da prática. Corrupção é crime. Tem de ser condenada, investigada e os responsáveis têm de ir para a cadeia", sublinha o rapper angolano MCK.

Ainda não é claro se João Lourenço será capaz de restringir os interesses do seu antecessor. José Eduardo dos Santos abandona a Presidência, mas continua a liderar o partido no poder, o Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), mantendo uma considerável influência política.

E há outras condicionantes no caminho do futuro Presidente. "João Lourenço nem se quer pode mexer nas chefias do exército e da polícia nacional, porque foi aprovada uma lei para esse efeito. É um Presidente sem poder de controlar o exército, a polícia e a economia. É Presidente de quê? Basicamente, é um servente da família presidencial", afirma o ativista e jornalista angolano Rafael Marques.

DW Africa

Mídia

voltar ao topo
Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

O pleito eleitoral de 23 de Agosto 2017 acabou na lógica de “tudo muda sem nada ...

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola proclamou, hoje, oficialmente, o M...

Reclusas no Kwanza Sul denunciam que são obrigadas a fazer sexo em troca da amnistia

Reclusas no Kwanza Sul denunciam que são obrigadas a fazer sexo em troca da amni…

Após a divulgação de imagens que mostram a falta de água e de alimentação em vár...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve