Menu
RSS

Dr Neto: Chama viva sobre sucessões de gerações

Dr Neto: Chama viva sobre sucessões de gerações

Mais do que nunca, o Dr António Agostinho Neto, entrou para a história, como um grande herói, um Médico humanista, um político que desafiou a sua época, um pacificador, um intelectual brilhante, um poeta singular, um patriota honesto e optimista, um guerreiro conquistador da liberdade do povo, um líder de carisma universal e excepcional, cuja chama de seus actos estará acesa até a consumação dos séculos.

Por João Henrique Hungulo

O Dr António Agostinho Neto, como esforço maximamente revolucionário e autêntico, em busca da liberdade da totalidade da Pátria, aparece – nos, historicamente, configurado em diversas perspectivas, dado que tanto se ocupou em procurar libertar exaustivamente os nossos antepassados, das algemas de uma escravidão sem precedência, como considerou, o renascer de um País, como tarefa essencial e prioritária da revolução, procurou, responder as questões que emergiam na condição e situação humana da época, interrogações urgentes, a cerca do País e do futuro de seu povo que tanto sofria das injustiças, impostas pelo colonialismo. Fundamentação da liberdade, visando a construção de uma marca que dignificou o existencialismo de uma nova era, assume – se como um Médico revolucionário, fundamental no processo de luta contra a expansão colonial, onde reconhece não apenas a dimensão vital da luta de guerrilhas, mas se anuncia também a sua própria vocação de liderança. Ora, nesta luta primordial de libertação do País, expressa – se a linha de pensamento em que se integra a reflexão de uma angola liberta do jugo colonial, ao mesmo tempo rica e ditosa, que Dr António Agostinho Neto, com grande coerência e mediante uma obra tão variada, nos legou numa trajectória de inspiração histórica num tempo colonial de noite, de dia e de sofrimento.

O Dr António Agostinho Neto, preocupou – se mais a apelar para o novo modo de viver do angolano, determinando a reflexão sobre o panorama político, económico e social do seu povo – «O MAIS IMPORTANTE É RESOLVER O PROBLEMA DO POVO» - «SE A AGRICULTURA É A BASE A INDÚSTRIA É FACTOR DECISIVO».

O sacrifício do Dr Neto, desafiou as impossibilidades, porque, conquistou proezas naquilo que parecia impossível. Podemos então relevar, o significado e sentido de expressão do pensar heróico nacionalista, do Médico singular e imbatível, a fim de justificarmos a actualidade e o valor relutante de sua peleja contra as azedias colonialistas.  

Desde muito cedo, destacou – se na Universidade de Lisboa, ainda estudante de Medicina, numa luta clandestina, que viria marcar – lhe por raptos para prisões da PIDE e torturas pela DISA, porém, os postulados de índole revolucionária e ousada, acompanharam a sua persistência em prisões e torturas impostas pelos colonialistas, sempre fiel à uma perspectiva intelectual da razão que punha à prior a liberdade, negando nunca a qualquer castigo que tinha de ser – lhe imposto em proveito da liberdade do povo angolano.

Esta fidelidade teimosa na busca da satisfação dos interesses do povo, tornou – o, num guerreiro incansável, tê – lo – á, levado a considerar sem interesses pessoais, o sacrifício da própria vida, encerrando – se, numa luta incansável e tendencialmente rígida, fechado ao fogo e ao ferro, bem como em oposição clara ao colonialismo português, numa negação absoluta ao colonialismo, que, afinal, não ousava, questionar mais nada, senão apenas a liberdade que o seu próprio povo clamava.

O Dr António Agostinho Neto, legou – nos, uma elevada concepção de humanismo e heroísmo, diria mesmo, que, nele reside a liberdade plena alcança por Angola em todos os seus cantos.

Das mais terríveis experiências vividas, no passado, coube ao Presidente Neto, colher as lições, de modo que a independência e a soberania, tão duramente alcançadas, fossem não só defendidas, mas também que com inteligência se fossem abrindo os caminhos de um futuro com a dignidade que o povo angolano, todos povos africanos e a humanidade merecem.

O Excelentíssimo líder Dr. Agostinho Neto, representa para Angola tão grande sacrifício que por amabilidade o fez de forma patriótica. Fez - o ao meu país como dever de consciência, friamente, serenamente cumprido, presidente Neto  é exemplo de verdadeiro patriotismo, tal quanto o faz a figura política de realce actual.

Tomou, apesar de tudo, uma pesada tarefa que concernia a luta pela independência de Angola, a luta pela materialização da liberdade. Temos hoje nós a certeza de que foi Deus quem lhos enviou, para que as acções projectadas pelo criador encontrassem espaço entre humanos angolanos. Debalde, porém, se esperaria que milagrosamente, por efeito de varra mágica, mudassem as circunstâncias da história angolana, sem a participação efectiva de uma personagem única. Pouco mesmo se
conseguiria se o País não estivesse disposto a todos os sacrifícios necessários e a acompanhar - lhe com confiança na sua inteligência, na sua honestidade
confiança absoluta mas serena, calma, sem entusiasmos exagerados nem
desânimos depressivos.

Ele apontou Angola sobre o caminho certo e racional que Angola merecia  trilhar, sobre os motivos e a significação de tudo que visa engrandecer a liberdade do angolano; ele teve sempre ao seu dispor todos os elementos necessários ao juízo da situação vivida.

Quero enaltecer com honra sublime o herói nacional, herói entre os heróis, que o povo angolano se dirige singularmente em homenagem a esta pessoa, pelo papel incontornável na dimensão nacional, não por aquilo que esta figura representa de motivo de entusiasmo para o País, mas, pelo que traduz de apoio necessário à Angola que todos desejam ver continuamente realizada.  

DR NETO, DESCANSE EM PAZ, PORÉM, TENHA O PLENO CONHECIMENTO QUE A SUA ALMA JAMAIS MORRERÁ NAS NOSSAS MEMÓRIAS, AINDA VIVE NO CORAÇÃO DA PÁTRIA QUE TANTO AMAVAS E MORRESTE POR ELA, A SUA CHAMA ACENDER – SE – Á SOBRE SUCESSÕES DE GERAÇÕES.

AUTOR: João Henrique Hungulo – Médico Generalista, Escritor, Poeta, Pesquisador de Ciências Médicas.

Modificado emsegunda, 18 setembro 2017 19:53

Mídia

voltar ao topo
SIC apresenta provas e os assassinos de apresentadora da TPA

SIC apresenta provas e os assassinos de apresentadora da TPA

Os homens envolvidos na morte da ex-apresentadora da Televisão Pública de Angola...

Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

A apresentadora da Televisão Pública de Angola Beatriz Fernandes foi hoje encont...

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola proclamou, hoje, oficialmente, o M...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve