Menu
RSS

Julgamento dos seis jovens muçulmanos detidos agendado para 25 de setembro

Julgamento dos seis jovens muçulmanos detidos agendado para 25 de setembro

Seis jovens muçulmanos angolanos acusados pela Procuradoria-Geral da República do crime de terrorismo e de ligação ao Estado Islâmico. Cinco dos quais estão em prisão preventiva desde dezembro, vão ser julgados a 25 de setembro.

Seis angolanos acusados de organização terrorista e de terem jurado "fidelidade e obediência" ao autoproclamado Estado Islâmico.

Ahmed Nlandu José um dos arguidos informou  a partir da prisão na Comarca de Viana "fomos notificados de que o nosso  julgamento será no próximo dia 25 de setembro, é um caso de perseguição religiosa e política, para impedir a expansão do islão em Angola, não existem elementos de prova e não juramos fidelidade nenhuma, se [o Ministério Público] tivesse coragem o único crime...é a nossa conversão à religião islâmica...não existe Estado Islâmico em Angola, isto tudo é uma invenção, a única coisa que fazíamos era estudar artigos do brasileiro preso por ter uma posição radical quanto ao Estado Islâmico, foram discussões e essas ideias no facebook e mais nada". Explicou

Seis arguidos com idades compreendidas entre os 23 e 39 anos, foram detidos a 2 e 4 de dezembro (entretanto uma senhora foi libertada posteriormente) e acusados a 26 de abril pelo Ministério Público de terem criado em 2015 em Angola o "grupo muçulmano radical Street Da Was, formado por cidadãos angolanos convertidos ao Islão, com o objectivo de divulgação do islamismo nas ruas, usando a sigla Islam. ya Angola, que publicava e disseminava entre os seus membros, através das redes sociais, matérias e temas de cariz radical".

Segundo a acusação os arguidos prestaram fidelidade a Abou Bakr al Bagdadi, líder do Daesh e nas suas residências foram apreendidos computadores e 106 livros entre os quais "38 são de carácter político, com elevadas tendências radicais e subversivas" segundo acusação do Ministério Publico Angolano

Cinco dos arguidos encontram-se em prisão preventiva, quatro dos quais iniciaram uma greve de fome na passada segunda feira 04 de setembro, com estas acusações são passíveis arriscarem nas penas entre três e quinze anos de prisão.

Trata-se do cidadão Isaac Pinheiro dos Santos, preso há 11 meses no Brasil e acusado de ligação ao Estado Islâmico e de integrar uma célula terrorista que preparava um atentado durante os Jogos Olímpicos de 2016, mas até à data nada foi ainda provado

Não é a primeira vez que cidadãos são detidos em Angola por causa de debates. Em 2015, 15 cidadãos foram presos por causa do livro "Ferramentas para Destruir um Ditador e Evitar uma Nova Ditadura", uma adaptação da obra do norte-americano Gene Sharp

Comparando estes casos à recente acusação dos jovens, tira se a conclusão de mais um caso que se assemelha com o processo dos 15+2 e dos 37 cidadãos. É mais um processo político".

“À nossa detenção é ilegal, ultrapassamos o limite da prisão preventiva estipulado pela lei, somos inocentes porque ainda não fomos julgados. Estamos a cumprir uma prisão ilegal. Apesar de sermos acusados de vários crimes: o julgamento vai dissipar todas as dúvidas sobre o processo. Embora duvidar do sistema judicial angolano, espera, contudo, que a justiça seja feita”.

“É importante que se realize o julgamento o mais rapidamente possível. No nosso país, há uma burocracia tão grande, que leva as pessoas a não acreditarem no sistema de justiça. O julgamento vai dissipar todas as dúvidas que pairam em relação aos jovens muçulmanos. A sociedade está à espera e vamos aguardar que se faça justiça, de facto”, concluiu.

Por Joanas Pensador

Modificado emterça, 12 setembro 2017 18:10

Mídia

voltar ao topo
Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

Apresentadora da TPA encontrada morta em Viana após rapto

A apresentadora da Televisão Pública de Angola Beatriz Fernandes foi hoje encont...

Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

Medo do MPLA: Oposição obteve maioria na Assembleia Nacional

O pleito eleitoral de 23 de Agosto 2017 acabou na lógica de “tudo muda sem nada ...

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

CNE proclama MPLA vencedor das eleições gerais 2017

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola proclamou, hoje, oficialmente, o M...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve