Menu
RSS

Polícia Nacional investiga alegado pénis humano ingerido por mulher em refeição

A mulher queixou-se às autoridades tradicionais por suspeitar de feitiçaria A mulher queixou-se às autoridades tradicionais por suspeitar de feitiçaria

As autoridades policiais angolanas na província de Benguela estão a investigar a denúncia de uma mulher que diz ter ingerido parte de um suposto pénis humano adulto entre miudezas que comprou num mercado local.

"Para já o que temos é só uma suspeita. Suspeita-se de feitiçaria, mas vamos esperar"

O caso suspeito, confirmado hoje à agência Lusa, ocorreu na periferia da cidade de Benguela no dia 9 de setembro e a mulher queixou-se inicialmente aos sobas (autoridades tradicionais), por suspeitar tratar-se de um caso de feitiçaria.

Tendo em conta os contornos do caso, o mesmo foi participado pelos sobas, esta semana, à polícia.

"Tinha um pedaço de carne que configura um pouco a forma de um pénis, que foi encontrado num prato de sarrabulho [miudezas] servido pela senhora. Esse pedaço de carne está a ser analisado pelos serviços de saúde, para nos darem uma informação", indicou à Lusa uma fonte do comando provincial de Benguela da Polícia Nacional.

A presença do pedaço de carne suspeito só foi detetada pela mulher depois de ingerir parte do mesmo, cozinhado, tendo as miudezas sido adquiridas no mercado 04 de Abril, também na periferia de Benguela.

A prática de rituais de feitiçaria para tratar problemas de disfunções sexuais, saúde ou dinheiro é habitual em várias regiões de Angola.

Lusa

 

Last modified onSexta, 16 Setembro 2016 10:05
..
..
back to top

Recomendamos