Menu
RSS

Sociedade civil e os partidos da oposição angolana a favor do voto de Bruxelas

Sociedade civil e os partidos da oposição angolana a favor do voto de Bruxelas

O governo angolano ainda não reagiu ao voto ontem pelo parlamento europeu de uma resolução apelando Angola à adopção de medidas visando a luta contra a corrupção e a proteção das liberdades fundamentais.

Os partidos políticos da oposição e organizações da sociedade civil de Angola receberam positivamente a resolução aprovada, ontem, por iniciativa da eurodeputada portuguesa Ana Gomes, que visitou recentemente Angola, onde se encontram presos sem justa causa 15 jovens activistas, desde 20 de Junho passado, e um activista de direitos humanos na enclave de Cabinda por criticar a má governação do Presidente José Eduardo dos Santos.

Os líderes dos partidos políticos da oposição e personalidades da sociedade civil consideram a posição do parlamento europeu oportuna num momento em que o país regista a multiplicação de acções do governo angolano contra os direitos fundamentais dos cidadãos.

Segundo fontes próximas do Presidente José Eduardo dos Santos, o governo deverá reagir ao voto do parlamento europeu nas próximas horas.

RFI

..
..
back to top

Recomendamos