Angola 24 Horas - Malária já provocou este ano em Angola 6.656 mortes em 2,5 milhões de casos
Menu
RSS

Malária já provocou este ano em Angola 6.656 mortes em 2,5 milhões de casos

Malária já provocou este ano em Angola 6.656 mortes em 2,5 milhões de casos

A malária causou até 29 de outubro 6.656 mortes, de um total de 2.594.709 casos daquela que é a principal causa de morte por doença em Angola, segundo dados do Ministério da Saúde.

De acordo com o Informe Diário da Direção Nacional de Saúde Pública do Ministério da Saúde, a que agência Lusa teve hoje acesso, nas últimas 24 horas foram registados dez óbitos em 8.002 casos de malária.

A província de Luanda, capital do país, apesar de liderar o número de casos (1.895), registou apenas dois óbitos, menos um que a província do Bié.

O maior número de mortes foi registado na faixa etária entre os zero e quatro anos, com oito do total de óbitos, sendo este também o grupo com o maior número de casos (3.078).

Ao contrário de Luanda, a província do Namibe, no litoral sul do país, é a que registou, nas últimas 24 horas, o menor número de casos (48) e nenhum óbito.

Também nas últimas 24 horas, as autoridades sanitárias no âmbito do controlo vetorial e ações de prevenção da malária no país distribuiu de 676 mosquiteiros impregnados de inseticida, tendo sido beneficiárias as províncias de Malange, Bié, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Cunene, Cabinda e Huíla.

Na mesma altura, foi igualmente realizada pulverização em várias províncias.

A malária é uma doença que em Angola é a principal causa de morte, de internamentos hospitalar e de absentismo laboral e escolar.

Last modified onQuinta, 08 Novembro 2018 20:09
.
..
.
.
back to top

Recomendamos