Menu
RSS

MPLA enaltece José Eduardo dos Santos à passagem dos 16 anos de paz em Angola

MPLA enaltece José Eduardo dos Santos à passagem dos 16 anos de paz em Angola

O bureau político do MPLA enalteceu a importância de José Eduardo dos Santos no alcance da paz em Angola, cujo 16.º aniversário se assinala hoje e pela primeira vez sem o antigo chefe de Estado em funções.

"Honra seja dada ao arquiteto da paz, camarada José Eduardo dos Santos, presidente do MPLA, que, nos momentos mais adversos da história recente de Angola, soube manter a serenidade, impondo a vitória do bem sobre o mal e, desta forma, propiciar, com o seu alto sentido patriótico e aglutinador, uma genuína reconciliação entre irmãos, outrora desavindos", lê-se na mensagem do partido, a propósito da comemoração do 04 de abril.

As comemorações oficiais do dia da Paz e da Reconciliação nacional, 16 anos após a assinatura, em Luena, província do Moxico, dos acordos entre as forças governamentais e da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), decorrem hoje em Malanje, com o ato central a ser orientado pelo vice-Presidente da República, Bornito de Sousa.

Ausente do país em viagem privada, João Lourenço, Presidente da República desde 2017, não participa nas comemorações deste ano.

José Eduardo dos Santos, Presidente entre 1979 e 2017, mantém-se na presidência do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), enquanto João Lourenço, chefe de Estado, é seu vice-presidente no partido, situação que alguns militantes descrevem como sendo de bicefalia no poder.

O conflito em Angola terminou após a morte, em combate, no leste de Angola, a 22 de fevereiro de 2002, de Jonas Savimbi, líder histórico e fundador da UNITA.

Durante praticamente três décadas, morreram cerca de meio milhão de angolanos, entre militares e civis, devido ao conflito armado.

"Angola é hoje, para bem dos seus filhos, uma Nação em paz e reconciliada, que não pretende voltar a trilhar os caminhos do ódio e da violência, onde cada cidadão deve ser um agente ativo da tolerância e do amor ao próximo, para que nela seja construída uma sociedade de bem-estar, de progresso social e de desenvolvimento sustentável", lê-se na mensagem do MPLA a propósito do dia da Paz.

Acrescenta que a consolidação da paz e da reconciliação nacional "são premissas fundamentais de toda a ação prática do MPLA", que "continuará a bater-se pelo aprofundamento da inclusão política e social, para que Angola cresça de modo equilibrado, harmonioso e com equidade".

Na mensagem, o bureau político escreve ainda que "reafirma a sua total confiança e encorajamento" a João Lourenço, "a quem o povo angolano depositou, por via do voto, confiança para fortalecer o Estado democrático de direito, diversificar a economia e melhorar a qualidade de vida dos cidadãos".

..
..
back to top

Recomendamos