Menu
RSS

PR exonera embaixadores no Vaticano e na Grã Bretanha

PR exonera embaixadores no Vaticano e na Grã Bretanha

O Presidente da República, João Lourenço, exonerou, hoje, terça-feira, os embaixadores de Angola no Estado do Vaticano e no Reino Unido da Grã Bretanha.

Trata-se dos embaixadores Armindo do Espírito Santo, e Miguel Gaspar Fernandes Neto.

Noutros despachos, o Presidente da República nomeou o ex-ministro da Justiça e dos Direitos Humanos de Angola, Rui Mangueira, para o cargo de embaixador na Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, anunciou a Casa Civil do Presidente da República.

Rui Jorge Carneiro Mangueira, jurista e diplomata de carreira, com a categoria de embaixador, foi ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, no Governo liderado pelo Presidente José Eduardo dos Santos, entre 2012 e 2017.

Outros anteriores ministros do Governo de José Eduardo dos Santos tinham já sido nomeados embaixadores em fevereiro último.

É o caso de Georges Chikoti, anterior ministro das Relações Exteriores, empossado como embaixador na Bélgica, Luxemburgo e representante permanente junto da União Europeia, José Luís de Matos, ex-ministro da Comunicação Social, que assumiu a embaixada em Espanha, ou Maria Filomena Delgado, anterior ministra da Família e Promoção da Mulher, que passou a embaixadora na África do Sul.

Ainda hoje, de acordo com a mesma informação da Casa Civil do Presidente da República angolano, foi exonerado por despacho assinado por João Lourenço Armindo do Espírito Santo, do cargo de embaixador no Vaticano, tendo nomeado para as mesmas funções Paulino Domingos Baptista.

Noutros despachos assinados hoje, João Lourenço nomeou ainda Teodolinda Rosa Rodrigues Coelho, para o cargo de embaixadora na Áustria e representante permanente junto da Organização das Nações Unidas e outras Organizações Internacionais em Viena, bem como José Gonçalves Martins Patrício para o cargo de embaixador na Turquia.

.
.
.
.
back to top

Recomendamos