Angola 24 Horas - João Lourenço vê aprovada nova equipa para secretariado do Bureau Político
Menu
RSS

João Lourenço vê aprovada nova equipa para secretariado do Bureau Político

João Lourenço vê aprovada nova equipa para secretariado do Bureau Político

O novo presidente do MPLA, eleito sábado num congresso extraordinário, viu hoje aprovadas as propostas dos nomes que apresentou para integrarem o Secretariado do Bureau Político do partido, indica um comunicado oficial.

A decisão resoltou da quarta reunião Extraordinária do Bureau Político do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), com João Lourenço a ver aprovados os dez nomes, dois deles de mulheres, para outros tantos cargos de secretários daquele órgão.

Como secretária para a Política de Quadros foi escolhida Luísa Damião, já eleita sábado na reunião do Comité Central - que se seguiu ao congresso extraordinário - como vice-presidente do partido, e para a Política Social foi nomeada Iolanda dos Santos, tendo sido também recuperado o "histórico" Mário Pinto de Andrade para os Assuntos Políticos e Eleitorais.

Manuel Pedro Chaves ficou como secretário para as Relações Internacionais, Paulo Pombolo para a Informação, Diógenes de Oliveira para a Administração e Finanças, Salomão Xirimbimbi para a Política Económica, Jorge Dombolo para a Organização e Mobilização, Pedro Morais Neto para os Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria e João Almeida Martins para a reforma do Estado, Administração Pública e Autarquias.

Na reunião de hoje, presidida por João Lourenço, o Bureau Político, que se reuniu pela primeira vez após o VI Congresso Extraordinário do MPLA, saudou a eleição do novo líder do partido, manifestando-lhe o "apoio incondicional" para que, "com a força do passado e do presente, se possa melhorar o que está bem e corrigir o que está mal", frase utilizada na campanha eleitoral de 2017 e recuperada no conclave.

O Bureau Político também se congratulou com a eleição, pelo Comité Central, de Luísa Damião como vice-presidente do MPLA e de Álvaro Manuel de Boavida Neto como secretário-geral, bem como aprovou a proposta, também de João Lourenço, para a liderança do Grupo Parlamentar, que fica doravante nas mãos de Américo António Cuononoca.

Para a Mesa da Assembleia Nacional o Bureau Político do MPLA designou Emília Celestino Dias para primeira vice-presidente e Suzana Augusta de Melo para segunda vice-presidente.

Como diretor de Gabinete do presidente do MPLA, o Bureau Político aprovou o nome de Adriano Meireles Patrocínio.

João Lourenço, eleito Presidente da República de Angola nas eleições de agosto de 2017, subiu sábado à liderança do MPLA, tendo, em ambos os casos, substituído José Eduardo dos Santos, que abandonou a política ativa angolana.

No discurso de encerramento de um congresso que pôs termo á bicefalia do poder em Angola, João Lourenço prometeu prosseguir as reformas económicas iniciadas há 11 meses e combater a corrupção, nepotismo e bajulação no partido e no país.

01. Manuel Pedro Chaves - SECRETÁRIO PARA AS RELAÇÕES INTERNACIONAIS;

02. Yolanda Gizela Ribeiro António dos Santos – SECRETÁRIA PARA A POLÍTICA SOCIAL;

03. Jorge Inocêncio Dombolo - SECRETÁRIO PARA A ORGANIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO;

04. Paulo Pombolo - SECRETÁRIO PARA A INFORMAÇÃO;

05. Diógenes de Oliveira - SECRETÁRIO PARA A ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS;

06. Luísa Pedro Damião - SECRETÁRIA PARA A POLÍTICA DE QUADROS;

07. Salomão Loheto Xirimbimbi - SECRETÁRIO PARA A POLÍTICA ECONÓMICA;

08. Mário Pinto de Andrade - SECRETÁRIO PARA OS ASSUNTOS POLÍTICOS E ELEITORAIS;

09. Pedro de Morais Neto - SECRETÁRIO PARA OS ANTIGOS COMBATENTES E VETERANOS DA PÁTRIA;

10. João de Almeida Martins - SECRETÁRIO PARA A REFORMA DO ESTADO, ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E AUTARQUIAS;

O Bureau Político do MPLA aprovou a indicação do camarada Américo António Cuononoca, para dirigir o Grupo Parlamentar do Partido.

.
..
.
.
back to top

Recomendamos