Angola 24 Horas - Nova vice-presidente do MPLA é antiga jornalista e preside ao Grupo de Mulheres Parlamentares
Menu
RSS

Nova vice-presidente do MPLA é antiga jornalista e preside ao Grupo de Mulheres Parlamentares

Nova vice-presidente do MPLA é antiga jornalista e preside ao Grupo de Mulheres Parlamentares

A nova vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, eleita no sábado à noite pelo Comité Central, foi jornalista e é deputada do partido pelo círculo eleitoral nacional desde 2012, e preside atualmente ao Grupo de Mulheres Parlamentares angolano.

Luísa Pedro Francisco Damião, que vai ocupar agora o cargo do líder João Lourenço, igualmente chefe de Estado de Angola, já foi secretária nacional para a Informação e Novas Tecnologias da Organização das Mulheres Angolanas (OMA), e é mestre em Ciências da Comunicação, tendo já trabalhado como jornalista, psicopedagoga e comunicóloga.

De 2002 a 2007, foi conselheira de imprensa da Embaixada de Angola em Cuba e, entre 2007 e 2009, foi diretora de informação da Agência Angola Press (ANGOP), tendo, posteriormente, sido administradora para a área da Informação.

Luísa Damião, a primeira mulher da história do MPLA em cargos de chefia, foi eleita no sábado à noite na primeira reunião do Comité Central presidida por João Lourenço, realizada horas depois de terminado o VI Congresso Extraordinário do partido, que pôs fim a 39 anos de liderança de José Eduardo dos Santos.

A nova vice-presidente do MPLA foi eleita com 229 votos, correspondentes a 66,76% de um total de 348 membros do Comité Central presentes, derrotando Carolina Cerqueira, também membro do Comité Central e do Bureau Político do partido, que obteve 102 voto (29,74%).

Na reunião do Comité Central de sábado à noite foi também eleito o novo secretário-geral do MPLA, votação ganha por Boavida Neto, que, ao obter 73,85% dos votos, superou o primeiro secretário provincial do MPLA na Lunda Norte, Ernesto Muangala (84 votos - 24,14%).

Álvaro Manuel de Boavida Neto, natural de Huambo, que já desempenhou as funções de governador da província do Namibe, é atualmente governador e primeiro secretário provincial do MPLA no Bié.

Durante a sessão, foram ainda eleitos os membros da Comissão de Disciplina e Auditoria do Comité Central do MPLA, que terá como coordenadora Ana Paula Inês Dala e como coordenador-adjunto João Sebastião Teta.

No Congresso, João Lourenço, até então vice-presidente, foi eleito presidente do MPLA com 98,59%, num universo de 2.448 delegados, tendo recebido 2.309 votos a favor, 27 contra e seis abstenções.

O conclave decorreu sob o lema "Com a Força do Passado e do Presente, Construamos Um Futuro Melhor".

.
..
.
.
back to top

Recomendamos