Menu
RSS

Congresso do MPLA realiza-se no dia 8 de Setembro

Congresso do MPLA realiza-se no dia 8 de Setembro

O sexto congresso extraordinário do MPLA será realizado no dia 8 de Setembro do corrente ano, em Luanda, para a eleição do presidente do partido, segundo comunicado da reunião do seu Bureau Político (BP).

O Bureau Político do MPLA reuniu nesta sexta-feira, em Luanda, sob orientação do presidente do partido, José Eduardo dos Santos, tendo aprovado a realização do conclave para 8 de Setembro próximo, um dia depois do aprovado pelo Comité Central, na sua última sessão.

Reunido em Luanda, no dia 25 de Maio último, o Comité Central tinha deliberado a realização do congresso para o dia 7 de Setembro e aprovado a candidatura de João Lourenço para presidente do partido.

A candidatura de João Lourenço fora anuída antes, no dia 27 de Abril último, pelo Bureau Político do partido.

Na sessão desta sexta-feira, segundo o comunicado, o BP abordou à convocação, preparação e realização do sexto congresso extraordinário do partido, comissão preparatória, regimento dos órgãos e regulamentos internos.

Apreciou as propostas de convocatória, metodologia geral de preparação e realização do conclave, aprovou a logomarca e o plano de marketing.

O órgão analisou ainda a proposta do programa de homenagem ao presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos, pelos esforços envidados na preservação da independência nacional, conquista da paz, reconciliação entre os angolanos e reconstrução do país.

O Bureau Político anuiu a proposta de candidatura ao cargo de segundo secretário provincial do MPLA no Bengo, submetida pela comissão executiva do respectivo comité.

Saudou o entendimento entre o Governo de Luanda e o Sindicato de Enfermeiros de Luanda (Sintenfl), que resultou no levantamento da greve, observada no início da semana.

Considera que este direito constitucional (greve) deve ser exercido com a devida ponderação, principalmente, quando está em causa um bem maior, como é a vida humana.

No quadro do 16 de Junho, Dia da Criança Africana, o órgão saudou todas as crianças do continente, em particular as angolanas, reafirmando que o MPLA considera os petizes como uma prioridade absoluta.

Precisou que o Executivo vai continuar a implementar políticas que visando o bem-estar social, físico e mental das crianças, para um crescimento e desenvolvimento harmonioso.

O comunicado da 5ª reunião ordinária do Bureau Político foi publicado pelo MPLA, na sua página oficial.

José Eduardo dos Santos lidera o MPLA desde 1979, na sequência da morte de António Agostinho Neto, então Presidente do partido e da República Popular de Angola.

A 11 de Março de 2016, durante a 11ª sessão ordinária do Comité Central do partido, o presidente do MPLA anunciou que deixaria a vida política activa em 2018. Por isso, não concorreu como cabeça de lista da formação política nas eleições gerais de 2017.

O vice-presidente do MPLA, João Lourenço, concorreu como cabeça de lista do partido e foi eleito Presidente da República, tendo sido investido no cargo a 26 de Setembro de 2017.

..
..
back to top

Recomendamos