Menu
RSS

Transição no poder no MPLA marcada para 07 de setembro

Transição no poder no MPLA marcada para 07 de setembro

O Comité Central do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) aprovou hoje a data de 07 de setembro para a realização do VI congresso extraordinário e a candidatura de João Lourenço, atual vice-presidente, a presidente do partido.

A informação consta do comunicado final saído da segunda sessão extraordinária do Comité Central do MPLA, na qual o presidente do partido, José Eduardo dos Santos, confirmou que deixa este ano a vida política por vontade própria, argumentando que "tudo o que tem um começo tem um fim".

O secretário para a Informação do partido, Norberto Garcia, disse, na leitura do comunicado final da reunião de hoje, que o Comité Central apreciou a informação do Bureau Político, tendo aprovado "na plenitude" os resultados da terceira sessão ordinária daquele organismo de direção, realizada a 27 de abril passado.

Segundo Norberto Garcia, a proposta de cronograma apontava para a realização do congresso extraordinário do MPLA, na primeira quinzena do mês de setembro, tendo como data prevista 07 de setembro de 2018.

Acrescentou que foi igualmente aprovada a proposta de candidatura de João Lourenço, vice-presidente do MPLA ao cargo de presidente do partido, que é liderado desde 1979 por José Eduardo dos Santos.

Nos últimos tempos têm crescido os comentários na sociedade angolana sobre a existência de uma suposta bicefalia entre o chefe de Estado angolano e vice-presidente do MPLA, João Lourenço, e o líder do partido, José Eduardo dos Santos, em que se incluem críticas internas sobre a situação.

José Eduardo dos Santos, de 75 anos, líder do MPLA desde 1979, anunciou em 2016 que este ano deveria deixar a vida política ativa.v

..
..
back to top

Recomendamos