Angola 24 Horas - Primeira autarquia em Angola será realizado em 55 municípios
Menu
RSS

Primeira autarquia em Angola será realizado em 55 municípios

Primeira autarquia em Angola será realizado em 55 municípios

A proposta do MPLA, para a selecção dos municípios que numa primeira fase, podem ser indicados para a implantação das autarquias locais, em conformidade com o princípio do gradualismo, aponta para 55 circunscrições dos 164 que compõem o país, informou o deputado Julião Mateus Paulo “Dino Matrosse”.

Julião Mateus Paulo prestou tais declarações na qualidade de coordenador do grupo de acompanhamento da bancada parlamentar do MPLA para a província da Lunda-Norte, durante um encontro com os membros do Conselho de Concertação Social do município do Chitato, realizado na sede.O encontro serviu para discutir, entre outras questões, a actual situação política, social e económica da região.

“Da selecção que se vai fazer dos municípios que forem indicados nessa primeira fase para a implantação das autarquias, nós o MPLA, pensamos que poderão atingir 55 municípios”, adiantou o parlamentar.

PRS discorda do princípio do gradualismo geográfico

O secretário provincial do Partido de Renovação Social (PRS) no Huambo, António Soliya Selende, reiterou a recusa à proposta do Governo de realizar as eleições autárquicas de forma gradual e não em simultâneo em todos os municípios.

Em conferência de imprensa, responsável dos renovadores sociais considera o gradualismo geográfico uma imposição aos angolanos, totalmente fora da realidade do país e uma divisória regional, que vai beneficiar apenas algumas pessoas.Soliya Selende referiu que o gradualismo geográfico, defendido pelo Governo, não está na Constituição. Com esta pretensão, acrescentou, o Executivo pretende alargar o tempo, para depois invocar razões inexistentes para a não realização das eleições autárquicas.

Last modified onSexta, 25 Maio 2018 21:21
.
..
.
.
back to top

Recomendamos