Menu
RSS

Delegação do Fundo Soberano a caminho das Ilhas Maurícias para investigações

Delegação do Fundo Soberano a caminho das Ilhas Maurícias para investigações

Uma delegação do Fundo Soberano de Angola, encabeçada pelo presidente do Conselho de Administração, Carlos Lopes, parte este domingo para a República das Maurícias, no âmbito das investigações em torno dos recursos financeiros transferidos para o exterior indevidamente em diferentes momentos.

A viagem do PCA do Fundo Soberano de Angola é sequência de uma primeira diligência feita, a nível político-diplomático, pelo ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, que recentemente se deslocou à cidade de Port Louis, capital maurícia, para se avistar com o Primeiro-Ministro, Navm Rangoolam.

O governo, encabeçado pelo Presidente João Lourenço – em funções há seis meses, leva a cabo uma política firme de moralização da política doméstica e de normalização do ambiente económico, para a credibilização global da acção executiva e seus agentes, projectando para o mundo uma imagem de confiança e honestidade.

O esforço para trazer de volta os colossais montantes transferidos de forma ilícita para diferentes lugares do mundo é uma peça essencial desse processo.

De acordo com fontes do Fundo Soberano, a delegação permanecerá no arquipélago das Maurícias o tempo que for necessário para se obter um entendimento que permita o rápido retorno para Angola de fundos alí depositados por cidadãos angolanos em situação mal explicada ou nitidamente fraudulenta, num desfecho semelhante ao que ocorreu com o meio bilião de dólares recuperdo há poucos dias no Reino Unido da Grâ-Bretanha.

Last modified onDomingo, 22 Abril 2018 11:21
.
.
.
.
back to top

Recomendamos