Menu
RSS

Comerciante Nigeriano deu o nome do Presidente ao cão e agora enfrenta julgamento

Comerciante Nigeriano deu o nome do Presidente ao cão e agora enfrenta julgamento

Joe Fortemose Chinakwe, comerciante nigeriano de 40 anos de idades, está a ser acusado de "quebrar a paz" e de inflamar os ânimos populares, por ter dado ao cão o nome do Presidente da República, Muhammadu Buhari, e por ter exibido a "façanha" em público.

Detido após uma denúncia, e entretanto libertado mediante o pagamento de uma caução, o cidadão acusado aguarda agora a marcação do julgamento.

"O homem comprou um cão, deu-lhe o nome de Buhari, escreveu o nome nos dois lados do corpo do animal e começou a desfilar com ele", diante da população no Norte do país, disse Abimbola Oyeyemi, porta-voz da polícia local, citado pela agência Reuters.

Quando perguntado por que deu nome ao seu cão, o nome do presidente, ele disse:

"Eu deu nome-Buhari, porque eu descobri que o cão é muito forte. Depois de comprar o cão, primeiro deu nome de Bully, depois por causa da maneira como ele se comportava. Eu decidi mudá-lo para Buhari porque Buhari, sendo um militar, ao mesmo tempo é um homem forte do pais. Então, eu amo tanto o nome e como tal, decidiu dar a meu cão. Fiquei muito surpreendido como um estrangeiro que vive por aqui veio e disse o nome era do seu pai,  Alhaji Buhari. Ele foi me queixar na polícia. A policia vieram até mim naquela noite e fui preso ".

Segundo o responsável, "a acção não só é provocadora, como é capaz de quebrar a paz, tendo em conta a volatilidade da situação actual na Nigéria".

A referida instabilidade surge bem vincada nesta história, com contornos religiosos: apesar de o acusado ser do Sul - onde a população é de maioria cristã -, escolheu desfilar com o cão no Norte, região predominantemente muçulmana, e de onde o Presidente é originário.

AO24 | NJ

 

.
..
.
.
back to top

Recomendamos