Menu
RSS

Sósia de líder norte-coreano causa sensação no Brasil

O falso Kim Jong-un agita a bandeira em plenos Jogos Olímpicos O falso Kim Jong-un agita a bandeira em plenos Jogos Olímpicos

Australiano tem muitas semelhanças com Kim Jong-un e começou a imitá-lo em 2013

Um cómico de Hong Kong, que há anos se dedica a imitar o líder norte-coreano, tem sido visto e fotografado nos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, onde já foi confundido com o verdadeiro Kim Jong-un.

Segundo o diário de Hong Kong South China Morning Post, o falso Kim causou especial sensação no jogo das meias-finais de basquetebol masculino disputado pela Espanha e pelos Estados Unidos, em que as câmaras registaram imagens do homem a agitar uma bandeira da Coreia do Norte.

No Facebook, o sósia do líder da Coreia do Norte tem partilhado imagens do seu dia-a-dia no Rio de Janeiro a acompanhar os Jogos Olímpicos. No dia desse jogo, escreveu: "Infelizmente os Estados Unidos ganharam".

Com o mesmo fato preto e o penteado de Kim (rapado na nuca, mas comprido e com laca na parte superior), o duplo do líder norte-coreano, de nacionalidade australiana, mas nascido e residente em Hong Kong, também tirou fotos com atletas e modelos na cidade carioca.

"Alguns acham divertido, outros acreditam que sou ele de verdade", disse ao diário South China Morning Post, afirmando que no Brasil também já foi confundido dom PSY, o artista sul-coreano que ficou mundialmente famoso com a música "Gangnam Style".

O artista, que não revela a sua verdadeira identidade e diz para o chamarem de Howard, começou a imitar o líder norte-coreano em 2013.

Nesse mesmo ano protagonizou um anúncio para a televisão israelita em que ameaçava lançar uma bomba nuclear sobre o país, mas acabava por mudar de opinião depois de provar um hambúrguer da marca promovida na publicidade.

Hong Kong, que compete independentemente da China nas Olimpíadas, não conseguiu qualquer medalha até à data, enquanto a Coreia do Norte arrecadou sete até agora (duas de ouro, três de prata e duas de bronze), em provas de halterofilismo, ginástico, tiro e ténis de mesa. No Facebook, o sósia do líder da Coreia do Norte tem partilhado imagens do seu dia-a-dia no Rio de Janeiro a acompanhar os Jogos Olímpicos. No dia desse jogo, escreveu: "Infelizmente os Estados Unidos ganharam".

Com o mesmo fato preto e o penteado de Kim (rapado na nuca, mas comprido e com laca na parte superior), o duplo do líder norte-coreano, de nacionalidade australiana, mas nascido e residente em Hong Kong, também tirou fotos com atletas e modelos na cidade carioca.

"Alguns acham divertido, outros acreditam que sou ele de verdade", disse ao diário South China Morning Post, afirmando que no Brasil também já foi confundido dom PSY, o artista sul-coreano que ficou mundialmente famoso com a música "Gangnam Style".

O artista, que não revela a sua verdadeira identidade e diz para o chamarem de Howard, começou a imitar o líder norte-coreano em 2013.

Nesse mesmo ano protagonizou um anúncio para a televisão israelita em que ameaçava lançar uma bomba nuclear sobre o país, mas acabava por mudar de opinião depois de provar um hambúrguer da marca promovida na publicidade.

Hong Kong, que compete independentemente da China nas Olimpíadas, não conseguiu qualquer medalha até à data, enquanto a Coreia do Norte arrecadou sete até agora (duas de ouro, três de prata e duas de bronze), em provas de halterofilismo, ginástico, tiro e ténis de mesa.

LUSA

 

.
.
.
.
back to top

Recomendamos