Menu
RSS

Deserto do Namibe vira 'Terra Prometida' em telenovela brasileira

O deserto no Namibe, no sul de Angola, vai ser o cenário da próxima telenovela de época da brasileira TV Record, intitulada ‘Terra Prometida’, cujas filmagens nas dunas angolanas terminaram esta semana, foi hoje divulgado em Luanda.

A nova produção brasileira, com mais de 150 episódios previstos e estreia depois de setembro, em que as gravações no deserto do Namibe vão acompanhar toda a temporada, é protagonizada por Sidney Sampaio, Thais Melchior e Kadu Moliterno, sendo a continuação da produção da mesma cadeia, ‘Os dez mandamentos’, ainda em exibição.

De acordo com a apresentação feita hoje na capital angolana pela TV Record África, a telenovela adapta a história de Josué, filho espiritual de Moisés, que conduziu o povo de Deus até à terra prometida de Canaã, depois de 40 anos no deserto.

"A beleza do deserto do Namibe nos trouxe para cá porque ajuda a retratar esta época, a contar esta época. As imagens que fizemos aqui vão ser utilizadas na novela inteira", explicou à Lusa o realizador de ‘Terra Prometida’, Hamsa Wood, à margem da apresentação da produção brasileira em Luanda.

"O deserto do Namibe, dentro do contexto da nossa telenovela, é a 'Terra Prometida'. Porque ele tem essa geografia de deserto, com rios, lagos, áreas férteis. Se encaixa muito bem e estará presente em toda a telenovela, desde o capítulo um até ao fim", enfatizou.

Em Angola, a equipa de produção da TV Record, com cerca de 70 pessoas e avultados meios técnicos, esteve em filmagens nos últimos 12 dias, além do deserto do Namibe também ao longo do rio Kwanza, no norte, retratando a travessia do rio Jordão, bem como na capital, Luanda.

"Acho que a nossa maior dificuldade ainda é a liberação de vistos. Apesar do bom relacionamento com os consulados [de Angola no Brasil], há uma certa dificuldade em relação aos vistos e isso é algo que tem de ser resolvido num futuro próximo", admitiu, por seu turno, Fernando Teixeira, diretor-executivo da TV Record África.

O deserto do Namibe, eleito uma das sete maravilhas de Angola, divide-se em zona de dunas e areias móveis, com cerca de 200.000 hectares, sem água e qualquer tipo de condições para criação de gado ou agricultura. Na área envolvente, que ocupa um terço de toda a província do Namibe, apesar da secura e aridez é possível alguma agricultura e pastorícia, atividades levadas a cabo pelas ancestrais tribos locais.

"Queríamos que os cenários fossem os mais reais possíveis, daí a nossa aposta. Queríamos também uma proximidade maior com o público angolano e esta é também uma forma de mostrar que em Angola existem potencialidades inexploradas", salientou o responsável.

A "Terra Prometida" marca ainda a estreia de Kadu Moliterno, uma das mais conhecidas caras das telenovelas brasileiras, pela TV Record, depois de mais de trinta anos na Globo.

"Estou sendo recebido pela Record com carinho. Eu sinto que a Record respeita muito o profissional, não que a outra emissora não respeitasse, mas aqui eu estou sendo acolhido com o valor de 46 anos de carreira que tenho", contou aos jornalistas Kadu Moliterno, que fez parte do elenco que gravou no deserto do Namibe.

De acordo com dados da TV Record, tanto a telenovela como o filme ‘Os dez mandamentos’, que antecedem esta nova produção, registaram "enorme sucesso" em Angola. Só o filme tornou-se "num recorde de bilheteira", com mais de 190.500 espetadores até ao momento.

© Lusa

 

.
.
.
.
back to top

Recomendamos