Menu

Pastor tenta imitar Jesus e acaba devorado por crocodilos

Pastor tenta imitar Jesus e acaba devorado por crocodilos

Um caso curioso ocorrido no Zimbábue, um pastor de uma igreja local em White River Mpumalanga morreu na manhã deste sábado (13) no momento em que tentava demonstrar um milagre bíblico para seus congregantes, no Zimbabwe, na África Ocidental. O pastor foi identificado como Jonathan Mthethwa do Santo, da Igreja dos Últimos Dias. Conforme informações de meios de comunicação, o pastor havia prometido aos membros  da entidade religiosa que iria demonstrar a sua fé neste sábado em um rio na localidade conhecido como Rio de Crocodilo, por ser infestado de crocodilos. Entretanto, algo não saiu como ele tinha previsto e o inevitável aconteceu..

O homem de Deus, além de ter se afogado, ainda foi devorado por três crocodilos na frente dos seus fiéis. Conforme relatos de um membro da igreja, identificado como diácono Nkosi, o pastor havia jejuado e orado durante toda a semana antes do ocorrido.

"O pastor nos ensinou sobre a fé no domingo na semana passada. Ele prometeu que iria demonstrar sua fé para nós hoje, mas infelizmente acabou se afogando e sendo comido por 3 grandes crocodilos na frente de nós . Nós ainda não entendemos como isso aconteceu porque ele jejuou e orou durante toda a semana ", disse o diácono Nkosi.

Segundo informações, o pastor tinha entrado dentro do rio cerda de trinta metros longe da beira, foi quando tentou realizar o milagre de andar por cima da água. Mas ele não havia percebido que estava sendo seguido por crocodilos. Ainda de acordo com informações, quando ele parrou de nadar para fazer o que havia prometido para os fiéis, neste momento, foi atacado pelos répteis..

"Eles terminaram ele em alguns minutos. Tudo o que restou dele quando terminaram de comê-lo foi um par de sandálias e sua roupa íntima flutuando acima da água ", disse o diácono Nkosi.

De acordo com Nkosi, o socorro foi acionado, relatando que um homem tinha sido atacado por um crocodilo dentro de um rio. Segundo Nkosi, os socorristas chegaram ao local informado cerca de 30 minutos depois do ataque. Entretanto, não havia muito o que eles poderiam fazer.

Outro caso semelhante aconteceu na África do Sul, em 2016. Conforme informações do portal de notícia Christian Today, um pastor de 44 anos tentou imitar Jesus Cristo, que jejuou no deserto por 40 dias e 40 noites para se preparar para seu ministério, como está escrito nos evangelhos de Lucas, Marcos e Mateus. No entanto, o pastor Alfred Ndlovu morreu de desnutrição depois de ter passado 30 dias sem comida e água  no deserto da África do Sul.

Seu corpo teria sido encontrado deitado no chão no deserto por um homem que estava passando pelo local. O homem não identificado alertou a polícia, que então informou sua família e congregação sobre o que tinha acontecido. A morte do pastor veio como um choque para sua família, membros da igreja e da comunidade em geral. 

Mídia

voltar ao topo
Votar em consciência sem esquecer promessas de 2012

Votar em consciência sem esquecer promessas de 2012

O cidadão angolano, no dia 23 de Agosto de 2017, vai lançar âncora ao estipulado...

Estratégias de manipulação das massas

Estratégias de manipulação das massas

As opiniões que você tanto defende e argumenta são realmente suas? Não é de hoje...

Banco Barclays recusa fortunas dos governantes e altas patentes do regime angolano

Banco Barclays recusa fortunas dos governantes e altas patentes do regime angola…

O Barclays está a fechar as portas às fortunas dos angolanos. Depois do fim do v...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve