Menu

Trabalhadores expatriados receberam 28 milhões de euros em divisas em seis semanas

Trabalhadores expatriados receberam 28 milhões de euros em divisas em seis semanas

O Banco Nacional de Angola (BNA) voltou a disponibilizar divisas para a transferência de salários de expatriados nos primeiros dias do ano, pela sexta semana consecutiva, totalizando já quase 105 milhões de euros desde o final de novembro.

Segundo dados compilados hoje pela Lusa com base nos relatórios semanais dos mercados monetário e cambial, o valor mais alto destas vendas de divisas atingiu-se na semana de 12 a 16 de dezembro, com o BNA a injetar 28 milhões de euros para garantir a transferência de salários de expatriados.

No período entre 03 e 06 de janeiro, no arranque do novo ano e pela sexta semana consecutiva - situação praticamente inédita desde o início da crise em Angola, no final de 2014 - o BNA vendeu mais 17,9 milhões de euros.

Angola atravessa uma forte crise financeira e económica, devido à descida da cotação internacional do barril de petróleo, com consequências ainda ao nível cambial, face à quebra na entrada de divisas no país.

Essa falta de divisas tem vindo a dificultar as importações angolanas, mas também a transferência de salários de trabalhadores expatriados, que reclamam vários meses de atraso.

O cenário de possível alívio nas transferências a partir de Angola tinha sido traçado pelo secretário de Estado da Internacionalização de Portugal, Jorge Costa Oliveira, que a 20 de julho, após reunir-se com o governador do BNA, em Luanda, se mostrou convicto que os vários meses de atraso poderiam começar a ser resolvidos até final de 2016.

"Temos uma especial preocupação em relação à situação que atinge muitos trabalhadores e expatriados portugueses que aqui estão, alguns dos quais têm atrasos nas transferências cambiais de muitos meses e que começam a refletir-se em termos significativos no orçamento familiar dessas pessoas", admitiu, na ocasião, o governante português.

Durante a mesma visita a Luanda, Jorge Costa Oliveira anunciou que o Governo português estava a estudar o lançamento de uma linha de crédito para permitir regularizar os então 160 milhões de euros de salários que há vários meses os trabalhadores portugueses em Angola não conseguiam repatriar.

Garantiu que a linha que está a ser pensada, com o eventual recurso ao Tesouro português, dará prioridade aos salários dos expatriados nacionais por transferir para Portugal "há vários meses", face à escassez de divisas, mas também poderá ser utilizada para garantir pagamentos em atraso a empresas portuguesas em Angola.

"Os nossos cálculos preliminares apontam para 160 milhões de euros, só de [salários de] trabalhadores, mas que nós julgamos que deve ser dado tratamento preferencial, uma vez que há aqui problemas gravíssimos de gestão de orçamentos familiares que estão em causa. Até porque em muitos casos são pagamentos em atraso [transferências de divisas dos valores recebidos em moeda nacional] desde novembro do ano passado", explicou ainda na ocasião o secretário de Estado da Internacionalização.

LUSA

 

Modificado emsegunda, 09 janeiro 2017 12:09
voltar ao topo
Futuro PR não deverá atacar pessoas ligadas a José Eduardo dos Santos - Alves da Rocha

Futuro PR não deverá atacar pessoas ligadas a José Eduardo dos Santos - Alves da…

O economista Alves da Rocha defendeu hoje que o provável futuro Presidente de An...

Angola esconde ao FMI dados sobre pagamentos em petróleo à China - economista Alves da Rocha

Angola esconde ao FMI dados sobre pagamentos em petróleo à China - economista Al…

O economista Manunel Alves da Rocha disse hoje que o Governo de Angola esconde i...

Banco Barclays recusa fortunas dos governantes e altas patentes do regime angolano

Banco Barclays recusa fortunas dos governantes e altas patentes do regime angola…

O Barclays está a fechar as portas às fortunas dos angolanos. Depois do fim do v...

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheiro

Veja a mansão que a Odebrecht construiu para o ditador de Angola com seu dinheir…

José Eduardo dos Santos é destes amigos improváveis arranjados pela diplomacia b...

PAGINAS PRINCIPAIS

ENTRETENIMENTO

  • Shows
  • Música

DESPORTO

  • Girabola 2016                         
  • Outros Esportes

SOBRE NÓS

  • Grupo Media VOX POPULI

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Instagram

RÁDIOS & TV

Radio AO24 Online

Em Breve