Angola 24 Horas - Partido Comunista Português aponta como "exemplar" transição no poder no MPLA
Menu
RSS

Partido Comunista Português aponta como "exemplar" transição no poder no MPLA

Partido Comunista Português aponta como "exemplar" transição no poder no MPLA

O Partido Comunista Português (PCP) classifica como "exemplar" a transição em curso no poder no MPLA, em Angola, com João Lourenço a preparar-se para suceder a José Eduardo dos Santos na presidência do partido que lidera o país desde 1975.

A posição foi expressa hoje, na sede nacional do MPLA, em Luanda, por José Capucho, membro do Secretariado e da Comissão Política do Comité Central, que lidera a delegação do PCP que está em Angola para reuniões de trabalho, a convite do partido angolano.

"É uma transição normal, sob a direção do MPLA, e que é por vontade [do próprio partido]. Portanto, as coisas estão a ser conduzidas da forma mais natural", enfatizou o dirigente comunista, em declarações aos jornalistas à saída de uma audiência com Paulo Kassoma, secretário-geral do partido.

Na presidência do MPLA desde 1979, José Eduardo dos Santos abandona a liderança do partido no congresso extraordinário de 08 de setembro próximo, tendo sido aprovada nos órgãos do partido a candidatura do atual vice-presidente e chefe de Estado angolano, João Lourenço.

"O MPLA está a desempenhar essa transição de forma exemplar", disse José Capucho, depois de recordar a importância das "históricas relações" de "amizade e cooperação" entre dois "partidos irmãos".

Questionado pelos jornalistas, o dirigente do partido comunista esclareceu que, segundo a informação recebida do MPLA, as relações entre Portugal e Angola são atualmente "naturais e normais" e "estão a correr regularmente".

A visita da delegação do PCP a Luanda, que termina na quarta-feira, tem como objetivo a troca de informações sobre a situação nos respetivos países e regiões e a avaliação de possibilidades do aprofundamento e da diversificação das relações de cooperação.

"Esclarecendo o povo português daquilo que se vai passando em Angola, da política que o MPLA vai desenvolvendo", explicou José Capucho.

Desde maio, Luanda já recebeu a visita da líder do CDS-PP, Assunção Cristas, e do PSD, Rui Rio.

Está agendada para 17 e 18 de setembro a visita oficial do primeiro-ministro português, António Costa.

Sobre a possibilidade de uma visita a Angola do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, o dirigente afirmou que tudo depende de agendas dos dois lados.

"É uma questão que está sempre em cima da mesa", atirou.

.
..
.
.
back to top

Recomendamos