Angola 24 Horas - Mirex aperta cerco à má gestão na instituição
Menu
RSS

Mirex aperta cerco à má gestão na instituição

Mirex aperta cerco à má gestão na instituição

O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, assegurou nesta quarta-feira, em Luanda, aos quadros do sector que vai apertar o cerco contra a má gestão do erário nas diferentes instituições sob a tutela do departamento ministerial que administra.

Manuel Augusto fez este pronunciamento quando discursava na cerimónia de tomada de posse de quadros ligados ao sector, recentemente indicados para reforçar a instituição.

O chefe da diplomacia angolana considerou “ruinosa” a gestão em algumas embaixadas e consulados, dai terem sido adoptadas medida para as estancar.

Acrescentou que as medidas recentemente adoptadas, e que levaram a exoneração de alguns chefes de missões, surgem na sequência de denúncias que tem vindo a receber de organismos como a Inspecção Geral do Estado, do Tribunal de Contas e de grupos de comunidades.

Apontou a existência de muitos casos de práticas pouco recomendáveis, com prejuízos ao erário.

Referiu que, antes da tomada de tais medidas, foi privilegiado o diálogo com os chefes das referidas missões para que houvesse uma mudança de postura, mas que infelizmente foi mal interpretada e os males continuaram.

Considerou “negativos tais actos, numa altura em que o ministério está a trabalhar para a credibilidade e o respeito da sociedade.

Para estancar o mal, referiu que o Ministério das Reações Exteriores (Mirex) vai internamente mobilizar a inspecção-geral para aferir a veracidade de muitos factos que foram tornados públicos, não só pelas redes sociais, como também pelos organismos competentes.

Foram empossados para director-geral do Protocolo do Estado, Afonso Evaristo Eduardo, para os Assuntos Jurídicos, Tratados e Contencioso, António Coelho Ramos da Cruz, Ana Paula Sebastião do Nascimento, para os Recursos Humanos, e João Alberto da Silva Gaspar, como responsável do gabinete de Tecnologias de Informação.

Miguel César Domingos Bembe passa a dirigir o sector de Estudos e Planeamento e Estatística, enquanto a área de Comunicação Institucional é da Estêvão Umba Alberto.

A área de Administração e Gestão e do Orçamento da Secretaria-geral passa a ser dirigida por José Miguel da Silva, como chefe de departamento.

.
..
.
.
back to top

Recomendamos